CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

domingo, 10 de março de 2019

Sob gritos de 'presidente', ator Zé de Abreu é recebido por multidão no Rio. Entenda

Foto: Reprodução/Twitter

A chegada do ator José de Abreu ao Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, lotou a saguão do terminal de fãs e apoiadores do artista que usou as redes sociais no início deste mês para se autoproclamar presidente da República. A brincadeira começou como protesto contra o real chefe do executivo brasileiro, Jair Bolsonaro. Abreu simulou a atitude de Juan Guaidó, líder da oposição venezuelana. Algumas nações não reconhecem a atitude. 

Uma multidão recebeu o ator, que fez, inclusive, um dicurso, com a Constituição Federal em mãos. O povo colocou Zé de Abreu nos ombros, aos gritos de "Presidente! Presidente!".  

Com uma placa em homenagem à vereadora Marielle Franco, morta em março do ano passado junto do motorista Anderson Gomes em uma emboscada no Rio de Janeiro, o ator foi carregado pelo público sob o canto de "Nem caixa 2, nem fake news, é Zé de Abreu presidente do Brasil". O artista também fez juramentos segurando um exemplar da Constituição de 1988, prometendo defender a lei do país.

Autoproclamação 

O protesto de Zé de Abreu caiu nas graças do povo. Políticos de oposição a Bolsonaro e internautas entram na roda e passaram a se autoproclamar secretários e até ministros de governo. Os perfis oficiais dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff foram alguns dos que aderiram ao "protesto" bem humorado. 

Em evento no Facebook, a "posse" de Zé de Abreu possuía mais 72 mil pessoas interessadas em comparecer.

O ator se autoproclamou presidente do Brasil em 25 de de fevereiro, ironizando a autoproclamação de Juan Guaidó, na Venezuela. Desde então, o artista tem usado seu perfil no Twitter para anunciar ministros e ações do seu “governo alternativo”.

Processo
No Twitter, Bolsonaro respondeu publicação de Zé de Abreu, onde o ator se diz ser o “meteoro” de Bolsonaro e o chamou o presidente de fascista”. Na resposta, Bolsonaro escreveu estar processando “alguns e este ‘meteoro’ seria o próximo.

Habeas Corpus
Por conta da resposta de Bolsonaro, o ator disse que estaria estudando um pedido de habeas corpus preventivo junto à Justiça Federal do Estado para quando chegasse ao Brasil. O dispositivo visa impedir judicialmente a prisão de alguém.

Via Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!