CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

terça-feira, 19 de março de 2019

Polícia Civil desvenda crime que resultou no homicídio do cantor Silvano Diniz em Floresta; Acusado foi preso

Na manhã desta terça-feira dia (19), Policiais Civis 22ª Delegacia Seccional de Floresta, no Sertão pernambucano, deram cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva, expedido pelo Juízo da Comarca de Floresta, em desfavor de Nilson Rodrigues Leal Barros. Segundo as investigações policiais - Nilson Rodrigues foi o mandante do assassinato de Silvano Diniz, em razão de um desacerto musical. O Delegado responsável pelo caso foi Dr. Alexandre Barros, onde o mesmo esclareceu que DiDi (Josenildo  José Gomes de Sá) foi contratado por Nilson para matar Silvano Diniz. 

Entenda o caso abaixo:

No dia do crime DiDi ligou para a vítima várias vezes (foram mais de cinco chamadas), entre às 10:00 hrs até 14:30 hrs, momento em que o homicídio aconteceu na data (29/01/2019).

Na casa de DiDi fora encontrado uma faca peixeira compatível com aquela utilizada no crime, debaixo do travesseiro do acusado, que infelizmente conseguiu fugir dos policiais civis numa perseguição realizada no bairro DNER.

Testemunhas que presenciaram o crime, reconheceram DiDi como o executor do delito. Segundo o Delegado, DiDi possivelmente foi morto em Carnaubeira da Penha e os restos mortais encontrados no dia (12/02/2019) foram encaminhados para perícia com intuito de realização de exame de DNA.

O Delegado ressaltou a necessidade da população não proceder com acusações ou compartilhar informações sem a devida comprovação da veracidade. Várias postagens foram feitas em grupos de Whatsapp após o assassinato de Silvano Diniz (indicando /Edvan).

A investigação foi presidida pelo Delegado Alexandre Barros e chefiada pelo Delegado Ariosto Esteves.

Após os procedimentos de praxe, o acusado será encaminhado para a Cadeia Pública de Belém do São Francisco, onde ficará à disposição da Justiça. 

Ainda segundo os delegados, vale salientar que o mesmo é um velho conhecido da justiça e da polícia. Nilson Rodrigues foi preso no dia (07/01/2018), por tráfico de drogas vendendo cocaína em um comercio de espetinhos em Floresta.

Via O Povo com a Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!