CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

terça-feira, 12 de março de 2019

Acusada de racismo, Anitta se defende após prisão de jovem negro: “Eu não passei característica de ninguém”

Foto: reprodução/Instagram

A cantora Anitta usou as redes sociais para se justificar, após ser acusada de racismo, por ter apontado um homem como um suposto “ladrão”, durante a passagem do Bloco das Poderosas, no carnaval do Rio de Janeiro, no último sábado (09).

“Galera que pergunta sobre sábado. As pessoas no chão estavam pedindo pra eu avisar a polícia que tinha um ladrão no meio do público. E foi isso que eu fiz. A visão de cima, por mais que seja ampla não é suficiente para eu ver com detalhes o que se passa em meio a multidão”, disse a cantora.

“Eu não passei a característica de ninguém, não apontei, apenas disse que havia uma pessoa roubando. Coube à polícia atuar e apurar”, continuou.

A confusão começou depois que Anitta avisou, em cima do trio: “Alô, polícia. Tem um ladrãozinho aqui no meio”. Após o alerta da cantora, um jovem negro, inocente, foi detido pela polícia.



Via Varela Notícias


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!