CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Associação PROVIDA participa da 1º parte do encontro para capacitação de delegados do Projeto Princesa Tamar, realizado em Floresta-PE


Foi promovido entre os dias 08, 09 e 10 de fevereiro, a 1º parte do encontro para a capacitação de delegados do Projeto Princesa Tamar, organizado pela Associação PROVIDA, e realizado na Diocese de Floresta-PE, com as seguintes representações:

Jatobá – PE, PROVIDA, Floresta – PE, Pastoral da criança, Conselho tutelar, Pastoral da saúde, Secretaria de desenvolvimento social e trabalho (SDST), Conselho municipal de direito da criança e do adolescente (CONDICA), DIOCESE, Inajá PE, Conselho rural/AAMO, Petrolândia – PE, Casa das Juventudes, Núcleo de Cidadania dos Adolescentes – NUCA – Selo UNICEF, Grupo LGBT, PROVIDA, Conselho Municipal de Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), Salgueiro – PE, Casa de Apoio Ana Ataíde (CAAA) e PROAC de Salgueiro e parceiros de Belém do São Francisco -PE.

O encontro incluiu palestras, debates, perguntas e respostas atividades, filmes, trabalhos em grupos, leituras, expressões artísticas entre outras dinâmicas. Seguiu três categorias de conhecimentos:

1- Compreender o abuso sexual
2- Como prevenir o abuso sexual
3- Como responder ao abuso sexual
Teve inicio com a participação dos jovens da casa de juventudes, destacando o NUCA (núcleo de cidadania dos adolescentes – selo UNICEF Petrolândia – PE). 

Os jovens IVERSON Ferreira da silva oliveira e Bruna Rayanne da silva sá realizaram um balé contemporâneo com o tema abuso sexual, comovendo a todos e foi encerrado com uma poesia feito pela jovem Poliana Magalhães  também da Casa da Juventude de Petrolândia – PE, com o título “Para Tamar”. Estes jovens estavam sobre a responsabilidade de Cleidinha Santos, coordenadora da Casa da Juventude e representante do CMDCA de Petrolândia – PE. 

A igreja católica viu a necessidade de criar o Projeto Princesa Tamar que visa implementar, no país, uma a cultura, uma maneira, um hábito de vida: 

Eu não abuso uma criança;
Eu não comento abusos, isso não é normal;
Eu protejo. 
A partir dessa cultura, nós implementaremos um lar seguro, uma instituição segura, uma escola segura, uma igreja segura onde nossas crianças e jovens poderão viver em segurança. Não mais veremos crianças sendo rasgadas, almas mortas em corpos vivos.
O projeto capacita membros de instituições para que fiquem aptos a receberem diversas situações, transmitindo confiança para que as pessoas compartilhem sua dor, acontecendo ali a cura das feridas, que quando não cicatrizadas trazem consequências trágicas, não só para a vítima, mas também para a sua volta.

O Projeto Princesa Tamar é baseado no livro de II Samuel Cap. 13:

E aconteceu depois disto que, tendo Absalão, filho de Davi, uma irmã formosa, cujo nome era Tamar, Amnom, filho de Davi, amou-a.
E angustiou-se Amnom, até adoecer, por Tamar, sua irmã, porque era virgem; e parecia aos olhos de Amnom dificultoso fazer-lhe coisa alguma.
Tinha, porém, Amnom um amigo, cujo nome era Jonadabe, filho de Siméia, irmão de Davi; e era Jonadabe homem mui sagaz.
O qual lhe disse: Por que tu de dia em dia tanto emagreces, sendo filho do rei? Não mo farás saber a mim? Então lhe disse Amnom: Amo a Tamar, irmã de Absalão, meu irmão.
E Jonadabe lhe disse: Deita-te na tua cama, e finge-te doente; e, quando teu pai te vier visitar, dize-lhe: Peço-te que minha irmã Tamar venha, e me dê de comer pão, e prepare a comida diante dos meus olhos, para que eu a veja e coma da sua mão.
Deitou-se, pois, Amnom, e fingiu-se doente; e, vindo o rei visitá-lo, disse Amnom, ao rei: Peço-te que minha irmã Tamar venha, e prepare dois bolos diante dos meus olhos, para que eu coma de sua mão.
Mandou então Davi à casa, a Tamar, dizendo: Vai à casa de Amnom, teu irmão, e faze-lhe alguma comida.
E foi Tamar à casa de Amnom, seu irmão (ele porém estava deitado), e tomou massa, e a amassou, e fez bolos diante dos seus olhos, e cozeu os bolos.
E tomou a frigideira, e os tirou diante dele; porém ele recusou comer. E disse Amnom: Fazei retirar a todos da minha presença. E todos se retiraram dele.
Então disse Amnom a Tamar: Traze a comida ao quarto, e comerei da tua mão. E tomou Tamar os bolos que fizera, e levou-os a Amnom, seu irmão, no quarto.
E chegando-lhos, para que comesse, pegou dela, e disse-lhe: Vem, deita-te comigo, minha irmã.
Porém ela lhe disse: Não, meu irmão, não me forces, porque não se faz assim em Israel; não faças tal loucura.
Porque, aonde iria eu com a minha vergonha? E tu serias como um dos loucos de Israel. Agora, pois, peço-te que fales ao rei, porque não me negará a ti.
Porém ele não quis dar ouvidos à sua voz; antes, sendo mais forte do que ela, a forçou, e se deitou com ela.
Depois Amnom sentiu grande aversão por ela, pois maior era o ódio que sentiu por ela do que o amor com que a amara. E disse-lhe Amnom: Levanta-te, e vai-te.
Então ela lhe disse: Não há razão de me despedires assim; maior seria este mal do que o outro que já me tens feito. Porém não lhe quis dar ouvidos.
E chamou a seu moço que o servia, e disse: Ponha fora a esta, e fecha a porta após ela.
E trazia ela uma roupa de muitas cores (porque assim se vestiam as filhas virgens dos reis); e seu servo a pôs para fora, e fechou a porta após ela.
Então Tamar tomou cinza sobre a sua cabeça, e a roupa de muitas cores que trazia rasgou; e pôs as mãos sobre a cabeça, e foi andando e clamando.
Dessa história – ocorrida 900 anos A.C – que trazemos para nossa atualidade, perguntamos: quantas Tamar existem a nossa volta e não conseguimos identifica-las? Já pensou nisso?
A cada dez minutos uma criança é abusada no Brasil, enquanto você esta lendo essa reportagem pode ter alguma criança sofrendo em algum lugar gritando por socorro; É preciso se importar, é preciso fazer algo, não se pode achar esta situação natural. 
“Um membro sofre, todos os outros sofrem com ele” Papa Francisco.
Na família do Rei David, foi semeado a tragédia, Absalão irmão de Tamar, guardou sua dor por dois anos e depois  conseguiu mandar matar Amnon, atentou contra o pai o qual anos depois comandou sua morte.

Para maiores informações do Projeto Princesa Tamar em Pernambuco, segue o contato da coordenadora Claúdia Leal: (87) 9.9974-6737-WhatsApp. A PROVIDA também conta com a parceria dos Voluntários do Bem.

Vídeo:



Fotos:














Redação/Fotos e Vídeo: Assessoria da Associação PROVIDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!