CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Polícia Federal divulga possíveis disfarces de Cesare Battisti


A Polícia Federal divulgou uma série de retratos com possibilidades de disfarces que o italiano Cesare Battisti poderia utilizar. Battisti teve sua extradição decretada pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira (14).

No dia anterior ao decreto, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux determinou por meio de liminar a prisão imediata do ex-ativista, que é considerado foragido.

A decisão é apoiada pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, que defende desde sua campanha a extradição de Battisti. Após o decreto de Temer, o vice-primeiro-ministro e ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, disse que dará “mérito ao presidente Bolsonaro se ele ajudar a Itália a ter justiça, dando a Battisti um futuro na terra natal”.

QUEM É CESARE BATTISTI

O italiano foi condenado à prisão perpétua na Itália por terrorismo e 4 assassinatos cometidos na década de 1970, quando era ativista do Partido Proletariado Comunista. Viveu como fugitivo por 30 anos, antes de chegar em 2004 ao Brasil.

Durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), o Brasil concedeu asilo a Battisti. Em 2010, a Itália pediu a extradição, aceita pelo STF, mas negada pelo então presidente da República.

Em 2017, a Itália pediu ao presidente Michel Temer a revisão da decisão. O emedebista abriu um processo administrativo sobre o caso.

A defesa do ex-ativista entrou, em setembro de 2017, com um pedido de habeas corpus preventivo no Supremo para evitar a extradição. Argumenta que, pelo princípio da segurança jurídica, a decisão de Lula é “insindicável”.

Via PE Notícias