CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

domingo, 30 de dezembro de 2018

Mega da Virada: se os R$ 280 milhões fossem trocados por cédulas de R$ 2 e enfileirados em linha reta, daria uma trilha de 9.100 quilômetros


Ninguém sabe ao certo quando surgiram as loterias, mas estima-se que tenham sido inventadas pelos chineses há mais de dois mil anos e levadas à Europa pelos comerciantes, séculos mais tarde. O fato é que desde antes de Cristo não há quem não sonhe em receber o beijo de Tique, a deusa grega da sorte, ficando milionário da noite para o dia. A Mega-Sena da Virada é uma destas possibilidades. Cada apostador, ao jogar um bilhete simples com seis dezenas, tem apenas uma chance em 50 milhões. Mesmo assim, como sonhar é livre, existe um sonho em cada cartão registrado.

A estimativa inicial é de R$ 280 milhões, valor que deverá aumentar quando as apostas foram encerradas, às 15h da segunda-feira (horário local). A expectativa é que supere os R$ 306 milhões sorteados em 2017.

O que significam R$ 280 milhões na vida de alguém? O professor de matemática Fabiano Nader, do cursinho Força Isoladas, fez alguns cálculos que exemplificam a quantidade de dinheiro dessa premiação. Um trabalhador que recebe R$ 3 mil por mês durante 45 anos de batente precisaria de 200 vidas para ganhar tudo isso com o próprio suor. E se os R$ 280 milhões fossem trocados por cédulas de R$ 2 e enfileirados em linha reta, teríamos uma trilha de 9.100 quilômetros, distância equivalente a do Recife a Moscou, na Rússia.

Mas e se essa dinheirama fosse trocada por moedinhas de 1 real? Aí o ganhador teria que carregar para casa um pacote de 2.200 toneladas. Com o valor do prêmio seria possível ao vencedor ter seu próprio Boeing 737-700. Ou mais de 56 mil iPhones X . Ou comprar 7 milhões de quilos de picanha, para garantir o maior churrasco do mundo. Se os 280 milhões fossem distribuídos entre toda a população do Recife, formada por cerca de 1,5 milhão de habitantes, cada pessoa receberia pouco mais de R$ 186. Nem todos sabem, mas algumas dezenas são mais sorteadas que outras.

O número 10 é o mais quente, com 242 aparições. Em compensação, o 15 é o azarão, com 192 chamadas. São Paulo, o estado mais populoso do Brasil, lidera o ranking de sorteados, com 208 ganhadores em 2.110 concursos. O segundo colocado, Minas Gerais, vem bem atrás, com 77 vencedores. Pernambuco aparece na oitava posição, empatado com Santa Catarina, com oito bilhetes premiados, que correspondem a 2,82% dos premiados.

Via PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!