CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sábado, 29 de dezembro de 2018

Bolsonaro é recebido por motociclistas ao chegar em Brasília para sua posse


Jair Bolsonaro (PSL) foi recebido em Brasília no fim da tarde deste sábado (29) por um grupo de cerca de 40 motociclistas vindos de 12 estados para acompanhar a posse do presidente eleito na terça-feira (1º).

Ao chegar à Granja do Torto, uma das residências oficiais da Presidência da República, Bolsonaro saiu do carro para cumprimentar os apoiadores, que fizeram fotos e entregaram uma camisa a um assessor.

O presidente eleito deve ficar em Brasília até a posse. Ao deixar o aeroporto da capital federal, se deparou com um painel luminoso onde se lê "Bem vindo, senhor presidente.

Brasil acima de tudo, Deus acima de todos", lema de sua campanha.

"Obrigado pela receptividade de sempre, amigos de Brasília e de todo Brasil!", escreveu Bolsonaro em uma rede social onde publicou vídeo da homenagem.

Na porta da Granja do Torto, o grupo de motoqueiros chegou bem antes de Bolsonaro pousar em Brasília.

"Este movimento de apoio ao Bolsonaro é totalmente voluntário e espontâneo. Procuramos aquela pessoa que defendia os nossos valores. Os valores da honestidade, o combate à corrupção, os valores da família, os valores da pátria e [que iria] resgatar a nossa dignidade", disse o oficial do Exército aposentado e empresário Francisco José Siqueira, 64, que saiu de Fortaleza (CE), de moto, na quarta-feira (26).

Ele é líder do grupo de motociclistas "Cruzada 17", que recepcionou Bolsonaro com faixas de "Ele sim" e "Missão cumprida". A maioria dos carros que passou pelo local buzinou favoravelmente ao presidente eleito, apenas ocupantes de dois veículos se manifestaram contra, antes da chegada do comboio.

"Valeu, pessoal. Obrigado pela força aí", disse Bolsonaro aos apoiadores com o corpo para fora do carro, mas cercado por seguranças.

Jornalistas chegaram a perguntar ao presidente eleito se ele pretende editar já no dia 1º o decreto para permitir a posse de arma de fogo a todas as pessoas sem ficha criminal, mas ele não se manifestou.

Via FolhaPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!