CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Petrolândia: "A nossa gestora e o secretário de finanças disseram que existia um débito, por isso que não fazia compras", declarou o vereador Joilton Pereira [Áudio]

Vereador Joilton Pereira, em discurso no dia (14/11) no Plenário da Câmara de Petrolândia/Foto: Alex Santos

Foi na noite do dia 14 de novembro, durante Sessão Ordinária realizada no Plenário da Câmara Municipal de Petrolândia, que o vereador Joilton Pereira (PTB), em seu discurso iniciou parabenizando o vereador Toinho de Eugênio, que antecedeu sua fala. 

O vereador destacou o discurso de Toinho, exaltando a triste situação que se encontra o gramado no entorno do prédio da Compesa, e lembrou ao vereador Toinho que não é só a grama que está morrendo, mas sim várias outras plantas do local, onde é por falta de água, afirmou o vereador. Ainda sobre as plantas e gramado o vereador disse que a gestora e as pessoas que trabalham ao lado dela não observam isso. 

Em continuação com seu discurso o vereador Joilton, destacou em sua fala sobre a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) que foi prometida pelo governador reeleito Paulo Câmara (PSB) para Petrolândia, e até hoje nada, pontuou o vereador. Além da UPAE o vereador afirmou que foi prometido outras coisas para Petrolândia, e disse: ‘‘Vamos esperar para 2020 para vê se concretiza, mas tenho certeza que não se concretiza’’, finalizou.

O vereador também lembrou do fechamento do Posto Altino Ventura em Arcoverde, que beneficiava mas de 1.330,00 pessoas, lembrou também do Orçamento Impositivo que foi aprovado pelos vereadores em 2017, que somava a compra de cinco ambulâncias, a reforma da praça da quadra-04, e a compra de um ônibus para pacientes TFD do município, e que até o momento a gestão não cumpriu a compra desses veículos até o momento.

O vereador Joilton também disse: 'As agrovilas estão lá com as fossas superlotadas, e sem ter um carro fossa para esgotar. A nossa gestora e o secretário de finanças disseram que existia um debito, por isso que não fazia compras.

O vereador finalizou seu discurso falando diretamente com o presidente da Câmara Delano Santos, lembrando que solicitou a três meses atrás que se criasse uma comissão de vereadores, "Para a gente saber quem foi que deixou esse débito, e que debito é esse que está prejudicando o povo de Petrolândia, aquelas pessoas que mais precisam. São aqueles que não tem condições de comprarem os remédios diários. Disse na última sessão, vou disser agora, vai terminar o ano, vai terminar o seu mandato, e não vai ser feita essa comissão'. Mas vai ser feita essa comissão, por quê no momento que eu assumir essa presidência farei essa comissão, e vou descobrir de quem foi esse débito e vou descobrir que coisa errada foi essa aí".

Ouça o áudio completo do discurso do vereador Joilton Pereira:



Por Redação/Foto: Alex Santos|Áudio gentilmente cedido pela Assessoria da Câmara Municipal de Petrolândia