CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Paulo Câmara poderá trocar secretários do Desenvolvimento, Agricultura e Cidades

O governador Paulo Câmara embarca para período de férias na noite da próxima sexta-feira e retorna no próximo dia 20, mas, de antemão, algumas mudanças no primeiro escalão do governo já começaram a ser desenhadas. Na mira das alterações, aparecem pastas como Agricultura, da cota do PDT, Cidades, que é espaço do PSD, e Desenvolvimento Econômico, do PP.

Nos corredores do Palácio das Princesas, faz-se uma avaliação de que a maior parte da agricultura no Estado é de base familiar e que a relação com os movimentos sociais precisa ser reconstruída. No caso das Cidades, há alguns sinais de insatisfação se dando nos bastidores relativos à atuação do secretário Francisco Papaléo. Nos cálculos que vêm sendo feitos, o PCdoB tende a ampliar sua cota e o PT deve ser contemplado.

Nesse contexto, há registros ainda da distância que cresce na relação entre o governador e o secretário de Desenvolvimento Econômico. A ausência de Antônio Mário em almoço promovido pela Itaipava, no último sábado, para marcar ampliação da fábrica é, segundo palacianos, um dos vários sintomas de que a corda anda esticada entre o Campo das Princesas e a referida pasta.

Uma outra fonte ligada ao chefe do Executivo estadual reforça que o presidente da AD Diper, Antônio Xavier, também não compareceu na ocasião, na qual estavam, além de Paulo Câmara, deputados, lideranças de Itapissuma, vereadores locais, assim como o ex-prefeito Cal Volia. Xavier registra que não foi comunicado do evento e que também não tem informações sobre eventuais trocas no governo, envolvendo a Sdec ou a AD Diper.

A coluna tentou contato com o secretário Antônio Mário, mas não obteve retorno. Há algum tempo, ganham eco, na administração, projeções de que os progressistas devem ter o espaço reduzido na reformulação do secretariado, o que, formalmente, só deve ser anunciado em dezembro. Mas o governador já viaja com essas previsões na mala.

Via PE Notícias