CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Operação Anjos da Lei prende 166 pessoas em todo o país; 18 são presas em PE

Operação Anjos da Lei em Pernambuco
Operação Anjos da Lei em Pernambuco/Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu 18 pessoas, nesta terça-feira (13), suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas próximo a escolas e corrupção de menores. A ação fez parte da operação nacional Anjos da Lei, realizada por iniciativa do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil com atuação simultânea em todas unidades federativas do Brasil. Ao todo, 166 pessoas foram presas.

Em Pernambuco, 11 suspeitos foram presos por cumprimento de mandado de prisão e sete pessoas presas em flagrante. Seis prisões fora feitas na capital e na Região Metropolitana do Recife, uma no Litoral Sul do Estado, quatro no Sertão e sete no Agreste de Pernambuco.

Além disso, a operação incluiu ação tática, realizada em Caruaru, no Agreste do Estado, que interditou seis locais onde foram constatadas a exploração sexual de crianças, algumas com anuência de seus responsáveis, que deixavam de frequentar escolas e faziam uso de drogas. Os estabelecimentos estão localizados na Feira do Gado, realizada semanalmente no município. Sete pessoas foram presas em flagrante e foram encaminhadas para audiência de custódia. Durante a ação, quatro crianças foram abrigadas pelo conselho tutelar por estarem sem a presença do responsável e em local impróprio.

Brasil
Das 166 pessoas detidas no País, 29 eram foragidos; 74 foram presos em flagrante; 42, por mandado; e 21 adolescentes foram apreendidos. Também foram apreendidos sete veículos, 16 armas, 24 celulares, 14 aparelhos eletrônicos, R$ 8,4 mil, 715 gramas de maconha, 321 de cocaína 678 de crack e quatro unidades de ecstasy.

“Esse tipo de tráfico é extremamente doloso porque, além de ter a questão das drogas tem também a questão da infância, tem a questão da juventude. Toda sociedade é alcançada por esse tipo de atividade criminosa e dolosa nas proximidades das escolas. Isso afeta não são os nossos jovens, mas todo o nosso futuro”, destacou o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Em São Paulo, participam cerca de mil policiais dos departamentos do Interior (Deinter), do Departamento da Grande São Paulo (Demacro) e da Capital (Decap). Em Jundiaí, na região de Campinas, aproximadamente 4 mil pinos de crack foram apreendidos a cerca de 100 metros de duas escolas. Um homem foi preso em flagrante pelo crime.

Via FolhaPE