CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Oito dos onze suspeitos de roubo a banco em Pernambuco mortos em Alagoas são identificados; um é de Salgueiro e outro de Serra Talhada

Como este Blog mostrou mais cedo, onze suspeitos de assaltos a bancos foram mortos em uma operação da Polícia Civil (PC) em Santana do Ipanema, em Alagoas, na noite da quinta-feira (8). Eles estavam com grande quantidade de explosivos, armamento pesado e dinheiro roubado da agência do Bradesco de Águas Belas, Agreste de Pernambuco, assaltado ontem pelo grupo. Os bandidos estavam escondidos em uma casa no Sertão de Alagoas. Entre os suspeitos já identificados, um é de Salgueiro (PE), no Sertão Central, e outro de Serra Talhada (PE), no Pajeú. O bando também agia na Bahia e há suspeita de que baianos estejam entre os mortos.

O delegado Fábio Costa afirmou em entrevista à TV Gazeta que entre os mortos na operação, batizada de ‘Cavalo de Troia’, estavam três explosivistas. “Eles praticavam assaltos em diversos estados do Nordeste. Se juntavam e iam praticar assaltos na Bahia, em Sergipe, em Pernambuco. Temos imagens que comprovam que alguns deles praticaram assalto a um shopping em Campina Grande. Eram perigosos, viviam do crime, viviam de aterrorizar a vida de pessoas trabalhadoras“, afirmou o delegado.

De acordo com o delegado, o grupo foi flagrado na casa quando esperava a “poeira baixar” para fugir depois de assaltar o banco pernambucano. “A casa geralmente é utilizada para divisão do dinheiro e para esperar como eles chamam ‘a poeira baixar’. (Eles) sabem que a polícia fica circulando, tentando localizar. Eles esperam chegar o anoitecer do próximo dia para poder se evadir do local. Conseguimos chegar antes desse momento e fazer o cerco”, afirma. Segundo Costa, quando a voz de prisão foi dada, os bandidos reagiram e houve tiroteio. Todos os 11 foram baleados e morreram.
Óbitos

Os mortos no confronto, identificados até o momento são os seguintes:

1. Adjane da Silva, 30 (natural de Santana do Ipanema, AL);
2. Evandro de Paula Lima Silva, 34 (natural de Minador do Negrão, AL);
3. André Luiz de Morais Lima, 30 (natural de Serra Talhada, PE);
4. Carlos Alberto de Lima, 30 (natural de Arapiraca, AL);
5. Adeildo de Souza Timoteo, 23 (natural de Aracaju, SE)
6. Francisco das Chagas Vieira de Barros (natural de Água Branca-PI)
7. José Lutemberg Nogueira Santos
8. Cristiano Rômulo de Souza Rodrigues (natural de Salgueiro-PE)

Fonte: Correio da Bahia