CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Modelos são presos com 5 quilos de cocaína no Aeroporto do Recife

Droga estava escondido no fundo falso de bagagens/Foto: Divulgação/PF-PE

Um homem e uma mulher que trabalham como modelos foram presos em flagrante pela Polícia Federal (PF) em Pernambuco por tráfico internacional de entorpecentes nesse domingo (11) no Aeroporto Internacional do Recife, localizado no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul da Capital. 

Segundo a PF, ambos não se conheciam, mas teriam sido aliciados pelo mesmo traficante. A suspeita da polícia é de que agentes de moda estariam aliciando e incentivando jovens modelos a servir de transportadores de drogas como promessa de carreira promissora na moda na Europa.

A primeira prisão aconteceu na madrugada do domingo, por volta da 1h45. A paranaense Patrícia Aparecida Branco, de 21 anos, teve as bagagens examinadas por aparelhos de raios X após uma análise prévia. Uma placa retangular colocada dentro da mala para formar um fundo falso foi identificada. Os policiais abriram e encontraram um invólucro com 2,8 quilos de cocaína. Além da droga, foram apreendidos um cartão de embarque, um celular, e € 850 (aproximadamente R$ 3,6 mil).

No interrogatório, Patrícia afirmou que trabalha como modelo há sete anos e sabia que estava transportando a droga para Lisboa. Ela receberia R$ 8 mil pelo serviço como adiantamento de um trabalho de modelo que iria realizar na capital de Portugal. Por fim, a jovem afirmou que a viagem foi proposta por seu agenciador, mas não deu mais detalhes sobre a identidade.

Segunda prisão
O segundo preso foi o potiguar Alisson de Souza Trajano, de 20 anos. Policiais localizaram dois invólucros com 2,2 quilos de cocaína em um fundo falso no início da manhã, por volta das 5h30. Foram apreendidos também um cartão de embarque e um celular. No interrogatório, ele afirmou que trabalha há cerca de sete meses como modelo em São Paulo/SP e que também foi aliciado pelo agenciador para transportar a droga para a Europa com uma proposta de emprego. Alisson afirmou que recebeu € 1 mil de adiantamento (cerca de R$ 4,2 mil). 

Prisão em flagrante

Por fim, foram apreendidos um total de 5 quilos de cocaína com os dois modelos. Ambos receberam voz de prisão em flagrante e foram encaminhados à sede da Polícia Federal, no Bairro do Recife. As audiências de custódia confirmaram as prisões preventivas. 

Patrícia foi conduzida à Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, no bairro da Iputinga, na Zona Oeste da Capital. Alisson foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Ambos estão à disposição da Justiça Estadual de Pernambuco.

Via FolhaPE