CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Em tratamento contra o câncer, mulher é chamada de “viadinh*” ao ser confundia com homossexual

Foto: reprodução/Facebook

Uma mulher de 31 anos foi agredida verbalmente e empurrada por um guardador de carros por ser confundida com um homem homossexual, na manhã do último sábado (24), no Centro do Rio de Janeiro.

Deborah Lourenço vem tratando um câncer de mama desde o início do ano e perdeu os cabelos por conta da quimioterapia. Ela acredita que este seja o motivo pelo qual ela foi confundida com um homem homossexual.

“O homem deu um empurrão no meu ombro e passou a me xingar de ‘viadinho’, ‘viadinho de merda’”, contou, em entrevista ao site Universa.

No Facebook, o marido de Deborah, Jorge Lourenço, desabafou sobre o caso:

“Infelizmente, vivo no meio de gente imbecil que relativiza machismo, homofobia e transfobia. Que ainda fala de ‘mimimi’, que ainda fala que o Brasil é sim um país tolerante. Homens inseguros ou fundamentalistas religiosos que normalizam o discurso de ódio, o tipo de coisa que permite imbecilidades como essa continuarem se repetindo por aí”, criticou.



Via Varela Notícias