CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Bolsonaro reúne bancada do PSL e escuta críticas de falta de diálogo


O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) participou nesta quarta-feira (21) de reunião conjunta das bancadas do PSL na Câmara e no Senado, em Brasília. Durante o encontro, disse aos colegas que eles não podem errar “porque o Brasil não terá uma 2ª chance”. Parte dos eleitos reclamou da falta de acesso ao militar e à equipe de transição.

Bolsonaro ficou por cerca de 20 minutos no local e dirigiu sua palavra aos novatos. O encontro num hotel na região central de Brasília. Cerca de 50 congressistas, entre deputados e senadores eleitos, participaram da reunião.

O principal alvo das críticas foi o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM). O deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) deve conversar com o demista sobre o assunto para buscar estabelecer um maior canal entre o ministro e a bancada.

“Foi uma reunião em que alguns parlamentares apresentaram certo descontentamento, certo desconforto. ‘Ah, porque não estamos sendo ouvidos pelo governo’, aquela coisa toda”, disse a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP).

A deputada disse que agiu como bombeiro e disse que o governo ouvirá a todos. “Alguns dizem que não estão tendo acesso. Terão”, disse.

Segundo o deputado eleito por Minas Gerais Marcelo Alvaro Antonio (PSL-MG), Bolsonaro não tratou na reunião de nomes para o partido apoiar para a presidência da Câmara e do Senado. “São 49 novos deputados. Foi mais um alinhamento, umas boas-vindas que o presidente deu aos novos deputados”, disse.

Via PE Notícias