CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Após queda nos números, roubos voltam a crescer no estado de Pernambuco


O número de roubos em Pernambuco cresceu. Foi o que mostrou a estatística de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) divulgada nesta terça-feira (13) pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Em outubro deste ano, foram registradas 6.968 ocorrências, 70 casos a mais que o contabilizado em setembro (6.898). O aumento acontece após quatro quedas consecutivas nos números. Nos ônibus, a notícia também não é boa. Os crimes dentro dos coletivos saltaram de 44 casos, em setembro, para 76 no mês passado. Ao todo, foram 757 roubos nesses veículos.

O levantamento apontou ainda que o Recife foi à região onde os roubos em geral mais cresceram, passando de 2.361 registros, em setembro, para 2.528, em outubro. Na Região Metropolitana, o aumento foi de cinco queixas chegando a 2.149 notificações no mês passado. Já no interior houve queda nos números. Em setembro foram 2.393 casos e em outubro 2.291.

Apesar de o número de CVPs ainda ser considerado alto, houve uma redução se comparado com o mesmo período do ano passado, quando foram notificados 8.970 assaltos, uma queda de 22,3%. Neste Pernambuco recebeu R$ 5 bilhões em investimentos na área de Segurança Pública. De acordo com o secretário da SDS, Antônio de Pádua, a verba possibilitou o fortalecimento da área de inteligência e o lançamento de iniciativas, como o projeto Koban, em que postos policiais semelhantes à vans são fixados nas comunidade. “Esse trabalho integrado permitiu a prisão de 36.161 criminosos este ano”, acrescentou Antônio de Pádua.

Ao considerar o mês de outubro deste ano, o Sertão obteve a maior contenção dos casos. A variação foi de -36,92%, saindo de 539 queixas em outubro de 2017 para 340. O Agreste saiu de 1.702 para 1.088 casos (-36,08%). Em seguida, a Zona da Mata obteve uma diminuição de 26,93% (de 1.1181 para 863 registros de CVP). A Região Metropolitana, excetuando-se o Recife, viu o quantitativo de roubos decrescerem de 2.698 para 2.149 no mês (-20,35%).

Via PE Notícias