CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

domingo, 21 de outubro de 2018

Relógios de computador e celular se adiantam, mas horário de verão só começa dia 4


O horário de verão neste ano só começará no dia 4 de novembro, mas, para surpresa de muita gente neste domingo (21), os relógios de computadores e alguns celulares amanheceram uma hora adiantados, porque pularam automaticamente para 1h quando deu meia-noite.

É a segunda confusão em uma semana. Na segunda-feira 15, alguns aparelhos com sistema iOS se adiantaram e acordaram seus donos uma hora mais cedo. O erro ocorreu de domingo para segunda (14 para 15) porque foi exatamente no dia 14 de outubro que o horário de verão começou no ano passado.

Tradicionalmente, o horário de verão começa à meia-noite do terceiro domingo de outubro, mas neste ano o início foi adiado para 4 de novembro – primeiro domingo após o segundo turno das eleições. A determinação foi dada pelo presidente Michel Temer ainda no final do ano passado.

A data chegou a ser novamente postergada, para 18 de novembro, em razão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no próximo mês, mas o governo recuou da decisão e manteve o dia 4 de novembro.

Dúvidas e reclamações nas redes
A mudança automática e equivocada neste princípio de domingo deixou muita gente confusa e encheu as redes sociais de comentários, fazendo o assunto figurar entre os mais comentados no Twitter.

Por volta das 6h, a maior parte dos das reclamações era de pessoas que acordaram uma hora cedo sem necessidade, seja para trabalhar, fazer prova (há vestibulares programados para hoje) ou seguir rumo a outros compromissos.

Como será neste ano
Com 15 dias a menos na comparação com o ano passado, o novo horário durará cerca de três meses, até o dia 16 de fevereiro de 2019.

No horário de verão, os relógios devem ser adiantados em uma hora. O horário é adotado nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Do UOL