CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sábado, 6 de outubro de 2018

PSB com convicção em vitória no 1º turno

Paulo Câmara e Armando Monteiro, candidatos ao Governo de PernambucoFoto: Arthur Mota (Paulo Câmara) e Kleyvsoon Santos (Arm)

O último ato de campanha do governador Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição, realizado, ontem, na Bomba do Hemetério, na Zona Norte do Recife, foi marcado pelo clima de “já ganhou”. Após a divulgação da pesquisa Datafolha - na qual Câmara lidera a disputa, com 42% das intenções de votos, enquanto o senador Armando Monteiro Neto (PTB) aparece em segundo, com 28% -, os discursos destacaram “uma grande vitória no primeiro turno” das eleições, que ocorre no próximo domingo.

No discurso, o governador não escondeu a confiança. “Agradeço a todos agora e agradecerei mais ainda no domingo, quando teremos uma grande vitória”, declarou Câmara. “Estamos empenhados para vencer no primeiro turno. As pesquisas mostram nossa evolução”, acrescentou ele, após o evento.

O senador Humberto Costa (PT), candidato à reeleição, endossou a certeza de que a coligação governista vai liquidar o pleito já no domingo. “O resultado das últimas pesquisas e o desempenho de Paulo (Câmara) no último debate nos mostram que vamos ganhar esta eleição no primeiro turno com uma grande vitória”, declarou o petista.

O ato iniciou com três caminhadas que saíram das redondezas, sem a presença da coligação, que culminaram no Largo da Bomba do Hemetério, região cuja Frente Popular tem forte inserção e possui diversos aliados. Costumeiramente, a coligação realizava fechamento com caminhada no centro do Recife, mas o grupo já havia realizado um grande ato com o presidenciável Fernando Haddad (PT) há duas semanas.

Presidencial
O PSB nacional declarou neutralidade no primeiro turno, mas o presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira, se posicionou, na última segunda-feira, contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno. Todavia, a cúpula do partido se reúne, na próxima terça-feira, em Brasília, para debater cenários.

“Vamos trabalhar para ter efetivamente o apoio formal ao Fernando Haddad no segundo turno”, declarou Câmara, que também é vice-presidente nacional do partido.

A ala pernambucana do PSB, uma das mais influentes na direção nacional do partido, fechou apoio ao PT, mas há resistência de outras lideranças aos petistas, como os governadores Márcio França (SP) e Rodrigo Rollemberg (DF), candidato à reeleição, e o ex-deputado federal Beto Albuquerque (RS), candidato ao Senado Federal.

Via FolhaPE