CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Orocó: Caçadores de Tatu deram entrada no hospital local com problema respiratório

Deu entrada no hospital de Orocó na quarta-feira (17) o caçador Ricardo de 23 anos de idade, já na quinta-feira (18) com os mesmos sintomas quem deu entrada foi o Elio de 25 anos e Manoel de 25 anos, todos moram na Fazenda dos Cassimiros Região da Tapera, zona rural do município. O caso dos três caçadores deve ser apurado pelas autoridades, bem como melhor analisado para se saber o que realmente causou o desconforto respiratório.

A Enfermeira de Plantão que atendeu os caçadores, a Dra. Naiane, informou que os caçadores chegaram à unidade hospitalar com desconforto respiratório agudo, todos foram transferidos de acordo o sistema de regulação para os hospitais de Petrolina; Juazeiro e Ouricuri, a mesma informou ainda que os três necessitavam de cuidados especiais por conta do estado de saúde ser considerável grave.

Os três participaram de uma caçada na semana passada, nesta semana começaram a ter problemas com a respiração. Ao dar entrada no hospital todos apresentaram desconforto respiratório agudo, que segundo os profissionais de plantão e que fizeram o atendimento a causa pode ter sido infecção por fungos presente no solo. Algo semelhante já aconteceu em outros municípios, o desconforto respiratório agudo é um tipo de insuficiência respiratória (pulmonar).

Cuidados: A Dra. Naiane aproveita e chama a atenção dos caçadores, para que todos tomem o máximo de cuidado e sigam algumas recomendações. A mesma lembra que usar equipamento de proteção deveria ser adotado por todos os caçadores, entre os mais necessários está à máscara e as luvas. Esses equipamentos podem evitar contaminações e, portanto, salvar vidas. A mesma disse ainda que nesse caso, se faz necessário uma investigação para saber o que de fato causou o desconforto respiratório nesses caçadores.

Via Didi Galvão