CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Brasil: Casal é preso por suspeita de matar bebê de dois meses, atear fogo no corpo e jogar restos em rio

Maurício Ferreira Pires, de 29 anos, e Joice Lemos da Silva, de 25, foram presos nesta terça-feira sob a suspeita de ter matado um bebê de dois meses de idade, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O casal teria executado o bebê com requintes de crueldade: atearam fogo no bebê, e atiraram ele no Rio Calombé, no bairro Pilar, segundo a Polícia Civil. Os restos do bebê foram colocados em um saco plástico antes de serem arremessados no rio.

Segundo a Polícia, Joice é suspeita de ter matado a criança. Depois, com a ajuda do companheiro, atearam fogo no corpo e tentaram se livrar dele jogando o corpo no rio. O caso é investigado pela 60ª DP (Campos Elísios).

Num primeiro momento, os dois haviam registrado a ocorrência como sequestro. Os policiais, no entanto, desconfiaram da versão de ambos. Durante as investigações e um segundo depoimento dos envolvidos, Maurício confessou o crime e indicou o local onde estariam os restos mortais da criança.

A Polícia Civil fez buscas no rio indicado e encontraram a sacola usada com resíduos de combustão, que serão encaminhados ao Instituto de Pesquisa e Perícia em Genética Forense para a confirmação.  Segundo a Polícia, o casal será encaminhado ao complexo prisional, onde ficará à disposição da Justiça.


Por O Globo