CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Bivar reassume comando do PSL e promete aproximar Pernambuco do Planalto

Luciano Bivar e Jair Bolsonaro no Recife/Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

O deputado federal eleito Luciano Bivar (PSL) reassumiu o comando do Partido Social Liberal (PSL) após as eleições. O nome do dirigente foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União. O pernambucano ficará no lugar do braço-direito do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), Gustavo Bebianno, que passará para a equipe de transição do Goveno. 

À frente do partido, Luciano Bivar se comprometeu a defender os interesses do Estado. Com o partido do governador Paulo Câmara (PSB) afastado do Palácio do Planalto, ele garantiu que a pauta do Estado será priorizada, independentemente da coloração partidária do chefe do Executivo.

"O que o PSL propõe, independente de ponte ou não, é ter um relacionamento republicano. Não é o fato do governo ter apoiado outro candidato que vai fazer com que Pernambuco seja penalizado. Os interesses do povo de Pernambuco estão acima de coloração partidária", afirmou. 

Em entrevista à reportagem, o dirigente argumentou que seu papel será em reforçar a bancada do partido e ajudar na articulação da aprovação de reformas estratégicas para a gestão na área da economia. Ele aposta que a bancada do PSL crescerá para mais de 60 parlamentares na próxima legislatura. 

"Independente de transferência ou não (de parlamentares para o partido) tem que se juntar as coisas que a gente quer para conseguir as reformas em vista. Há vários parlamentares que, face impedimentos do partido que militam, não ultrapassaram a cláusula de barreira e vão nos procurar. Vamos ultrapassar o número absoluto mais de 60", avaliou. 

Via FolhaPE