CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Temer diz que próximo presidente terá que seguir trilha de reformas de seu governo


O presidente Michel Temer afirmou na noite desta terça-feira (18), que aquele que o suceder e vencer as eleições ao Planalto em outubro vai ter que seguir a trilha de reformas do governo emedebista. Ao fazer um balanço de sua gestão, Temer disse que está “asfaltando terreno para o próximo governo”.

Ele ainda mandou recado aos presidenciáveis que criticam as medidas implementadas por seu governo na propaganda eleitoral. Temer disse que dificilmente será possível rever as reformas feitas por sua gestão.

— Eu tenho convicção de que seja quem for eleito vai ter que seguir essa trilha. Dificilmente alguém que venha a ser eleito vai conseguir rever tudo que fizemos, disse o presidente durante premiação que recebeu em evento da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco).

Temer foi homenageado com a “pá dourada”, maior condecoração da entidade, pelo apoio ao setor e pela aprovação da reforma trabalhista. O presidente afirmou que o próximo que chegar ao Planalto terá que fazer a reforma da Previdência, embora o assunto não esteja mais na pauta legislativa.

— Ou se faz a reforma da Previdência ou então o Brasil não suporta, disse o presidente, que decidiu falar de improviso, após ser saudado pelos presentes com uma série de elogios pela aprovação de reformas como o teto de gastos, a lei da terceirização e a reforma trabalhista.

O presidente da Carajas Home Center, Álvaro Mendonça Alves, disse que o governo de Temer foi “corajoso” e lamentou que a reforma da Previdência não tenha passado no congresso porque o presidente foi vítima de “trairagem”.

Via PE Notícias