CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Pesquisa Ipespe/FolhaPE: População acredita na continuidade do PSB


Nesse momento de pré-campanha, há uma expectativa de continuidade do governo do PSB. A sondagem do Ipespe/Folha de Pernambuco registrou que 43% dos eleitores acreditam na vitória do governador Paulo Câmara. Nesse mesmo quesito, 29% dos entrevistados acreditam que o senador Armando Monteiro Neto vencerá a disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. Os demais candidatos tiveram um desempenho de 2%, cada.

Entre os eleitores com curso superior, 51% acreditam na vitória de Paulo Câmara. Já a vitória de Armando Monteiro é mais acreditada entre os entrevistados que ganham entre dois e cinco salários mínimos, com 37%. 

Há um índice baixo de crença na vitória dos candidatos Maurício Rands, Danielle Portela, Júlio Lóssio e Simone Fontana. Rands ainda chega a ter menções mais elevadas, de 6%, entre os entrevistados com maior grau de escolaridade e acima de cinco salários mínimos. 

As expectativas de vitória depositadas no governador Paulo Câmara e no senador Armando Monteiro se explicam pelo fato de ambos terem se enfrentado em 2014, o que os torna mais conhecidos do público pernambucano. Câmara é desconhecido por apenas 3% dos entrevistados, enquanto Armando não é lembrado por 17%. No sentido contrário, Maurício Rands não é conhecido por 49% dos eleitores, seguido por Júlio Lóssio e Simone Fontana, com 59%, e Danielle Portela, com 60% de desconhecimento.

Saúde e drogas
Os eleitores foram estimulados a apresentarem duas áreas onde estão os maiores problemas do Estado. Os entrevistados apontaram Saúde, 61%, e Segurança pública e Drogas, 54%, como as esferas mais deficientes. As questões de Desemprego, com 28%, Educação, 27%, e Corrupção, 13%, também foram mencionadas com frequência. As pessoas ainda citaram Saneamento Básico e Esgoto, 8%, e Transporte Público, 7%, como áreas que precisam de atenção do futuro governador.

O recorte da pesquisa por instrução sinaliza que 70% do eleitorado com curso superior considera Segurança Pública/Drogas como o problema prioritário a ser enfrentado. O tema da Saúde, por sua vez, é mais importante para as mulheres, entre as quais 68% elegeram-no como mais urgente.

No Interior e na periferia, a questão da Saúde aparece como a mais urgente, sendo citado por 63% do eleitorado nas duas localidades. O problema da Segurança Pública/ Drogas demanda mais atenção na capital, onde 62% dos eleitores mencionaram essa preocupação.

A avaliação do governo de Paulo Câmara, nesse sentido, sinaliza uma tendência de desaprovação. A pesquisa aponta que 3% acham a gestão do PSB ótima e 13% acham boa. Os entrevistados que classificam a administração como “regular” representam 40%, os que avaliam como “ruim” estão em 14%, e os que qualificam como “péssima” chegam a 26%.

A maior desaprovação ao trabalho do governador está na capital, onde 30% dos eleitores consideram a gestão como “péssima”. Os que qualificam a administração como “regular” chegam a 43% tanto na capital quanto na periferia. A melhor avaliação do governo Paulo Câmara está na periferia, onde 17% dos entrevistados classificam-no como “bom”. 

Pesquisa Ipespe/FolhaPE
A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de agosto, por telefone, ouvindo 800 pessoas, definindo cotas de sexo, idade, localidade, instrução e renda. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,45%. Como manda a lei, o levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os números de protocolo BR-06973/2018 e PE-07336/2018.

Via FolhaPE