CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Grupo Moura abre mais uma fábrica em Belo Jardim


O Grupo Moura inaugurou mais uma fábrica em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco. É uma planta industrial de 37 mil metros quadrados (m²) de área construída que vai empregar 200 pessoas e produzir um milhão de baterias só neste ano, consolidando o município como o maior produtor de baterias da América do Sul. 

A fábrica foi construída nos últimos doze meses com investimento de R$ 170 milhões e deve ser a maior unidade produtiva do grupo pernambucano, que já conta com outras cinco fábricas em Belo Jardim, além de uma unidade em São Paulo e outra na Argentina. Isso tudo porque o empreendimento já nasce com planos de expansão. 

A ideia é ampliar a produção já em março do próximo ano, fazendo com que a planta passe a empregar 280 pessoas e a produzir dois milhões de baterias por ano. E outras expansões virão depois disso. “No pico de operação, [a fábrica] terá capacidade para quase dobrar a produção anual do Grupo Moura, hoje de 10 milhões de acumuladores de energia”, explicou o grupo criador das Baterias Moura, que diz ser possível erguer um galpão de três mil m² em Belo Jardim em apenas 60 dias.

A empresa admite, porém, que as próximas etapas de expansão vão depender da evolução do mercado automotivo regional. Afinal, a nova planta vai fabricar baterias automotivas de maior capacidade, que se destinam a automóveis dos segmentos de utilitários (SUVs), picapes e caminhões. Por isso, o pico de operação só deve ser atingido em até 10 anos. 

Por outro lado, esse tipo de produção vai ampliar as exportações do Grupo Moura. Afinal, esses setores automotivos têm grande aceitação no Brasil e também nos outros países da América Latina, que devem importar pelo menos 15% da produção da nova fábrica pernambucana.

Via FolhaPE