CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Em debate apenas morno, Paulo Câmara e Armando Monteiro tentam se livrar do Governo Temer

Foto: Antônio Henrique/TV Globo

No primeiro debate entre candidatos ao Governo de Pernambuco, realizado ontem (28) pela Rádio Jornal do Commercio, o que se viu entre os dois principais adversários – o atual governador Paulo Câmara (PSB), que disputa a reeleição, e Armando Monteiro Neto (PTB) – foi uma tentativa clara de “se livrar” do Governo Temer.

Num dos poucos momentos de enfrentamento direto, o petebista lembrou que Paulo articulou acordo para rifar o nome da vereadora Marília Arraes (PT) da disputa pelo governo do Estado.  Ao comentar o “arrependimento” de Paulo sobre ter apoiado o impeachment da ex-presidente Dilma, Armando perguntou se ele também estaria arrependido de ter votado em Aécio Neves no segundo turno presidencial, em 2014.

O governador, por sua vez, tachou Armando de integrar “a turma de Temer”, citando que o candidato das oposições tem no seu palanque dois ex-ministros ligados ao atual presidente: Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM), ambos candidatos ao Senado.

O debate, no entanto, correu apenas morno na maior parte do tempo. Além de Paulo e Armando, também participaram os candidatos Maurício Rands (PROS) e Dani Portela (PSOL). 

Com informações da Folha de São Paulo.