CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Atraso de pagamento paralisa Operação Pipa do Exército Brasileiro em Floresta e mais 12 cidades no Sertão de Pernambuco


O atraso no pagamento de motoristas de caminhão pipa tem prejudicado o abastecimento de comunidades rurais em diversas cidades no Sertão de Pernambuco. Prestadores de serviço do Exército Brasileiro estão há mais de dois meses sem receber pagamento, o que impossibilita a continuidade da distribuição de água potável em Floresta e mais 12 cidades.

Além do atraso de pagamentos, os motoristas de carro pipa sofrem com falhas nos equipamentos que registram as cargas d’água e o desconto indevido das mesmas. Outro problema relatado pelos profissionais, são os constantes aumentos no preço do combustível e manutenção dos veículos. Em contrapartida a isso o Exército Brasileiro está há oito anos sem fazer reajustes no preço do quilômetro rodado.

Segundo os pipeiros, praticamente toda a região atendida pelo 72.º Batalhão de Infantaria Motorizado está com a Operação Pipa paralisada. Os mananciais do Ibó (Salgueiro, Terra Nova, Parnamirim e Serrita), Izacolândia (Dormentes, parte de Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena e Lagoa Grande), Borda do Lago (Floresta), Gameleira (Carnaubeira da Penha), Compesa (Cabrobó e Belém do São Francisco) encontram-se fechados.

Os profissionais cobram providências no sentido de regularizar o pagamento em atraso.

Via Blog do Elvis/NE10