CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Ultrapassagem indevida teria causado acidente na Serra das Russas

O acidente aconteceu no quilômetro 67 da BR-232 / Foto: Divulgação/PRF
O acidente aconteceu no quilômetro 67 da BR-232/Foto: Divulgação/PRF

Uma ultrapassagem indevida, realizada pelo condutor do caminhão-tanque, pode ter causado o acidente no quilômetro 67 da BR-232, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, que deixou duas pessoas mortas e três feridas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão seguia pela rodovia, quando fez uma ultrapassagem pela direita. Ao tentar voltar para a outra faixa, o veículo teria colidido com o carro e a moto.

"Toda ultrapassagem tem que ser feita pela esquerda e a informação que chega é que o caminhão fez a ultrapassagem pelo lado direito. No caso, o caminhão tentou retornar para sua faixa, que é a direita, porque os carros lentos têm que andar na direita e houve a colisão lateral", explicou Aderval Negromonte, agente da PRF, em entrevista à TV Jornal. Ainda segundo ele, o carro ficou preso no caminhão e, com o contato, teve início o incêndio no caminhão.

Cinco explosões foram registradas. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar as chamas. Foram utilizados 20 mil litros de água para conter o incêndio. O órgão também socorreu uma das vítimas. Por causa do acidente, a BR-232 teve o trânsito bloqueado. A rodovia foi liberada ainda na noite dessa terça-feira (24), por volta das 19h55.

Vítimas

Duas pessoas morreram carbonizadas no acidente. O motorista do caminhão, Edmilson Luiz Aquino, de 43 anos e uma pessoa não identificada. A batida ocorreu nas imediações do túnel Cascavel, no sentido Capital-Interior, na Serra das Russas. Outras três pessoas ficaram feridas na colisão.

Alan Gabriel Bernardo da Silva, de 26 anos, que estava na moto, está internado na unidade de trauma do Hospital da Restauração, que fica no bairro do Derby, na área Central do Recife. Junto com Alan na motocicleta estava Joelma Maria da Cruz, de 19 anos. Ela foi socorrida e levada para o Hospital Doutor Paulo Veiga Pessoa, em Gravatá. A jovem chegou a ficar internada, mas recebeu alta. O outro ferido, que teria tentado ajudar as vítimas e teve queimaduras, foi encaminhado para o Hospital Getúlio Vargas, no Recife.

Via Jc On Line