CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sábado, 28 de julho de 2018

[Vídeo] Milagre: Bebê nasce após mãe sofrer acidente fatal em SP

Médico Elton durante o resgate do bebê, na Rodovia Régis Bittencourt (Foto: Divulgação/Arteris)

A Polícia Civil e o Conselho Tutelar tentam identificar a mãe do bebê que nasceu após ela ser lançada de um caminhão que tombou na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), em Cajati, na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo. O motorista do veículo sobreviveu e foi autuado em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O acidente aconteceu na quinta-feira (26), nas proximidades do Km 527. O caminhão transportava tábuas de madeira, que caíram em cima da passageira, que teve o abdômen rompido. As equipes de emergência encontraram o bebê em meio aos destroços e o socorreu até o Hospital Regional, na cidade vizinha, Pariquera-Açu, onde permanece em observação.

VÍDEO:


A mãe da criança estava sem documentos e, até a manhã deste sábado (28), não havia sido identificada. De acordo com a polícia, o condutor do caminhão disse que ela solicitou carona a ele, e que não a conhecia. O homem ficou ferido levemente e também foi encaminhado para o mesmo hospital com o bebê.

"O feto foi expulso pelo trauma [quando as tábuas caíram sobre a mulher]. Quando eu cheguei, o bebê estava entrelaçado nos restos mortais. Eu retirei aquela criança, fiz os procedimentos cabíveis e levei para a ambulância”, contou o médico socorrista Elton Barbosa ao G1, um dia após o acidente.


A menina nasceu com 3,12 kg e 46 centímetros. Apesar de saudável, permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Regional para que pudesse ser monitorado. Como não há informações da mãe, investigadores da polícia e conselheiros tutelares começaram a procurar familiares e até o pai.

Delegacias de cidades ao Sul de São Paulo, e também do Paraná, foram acionadas para prestar apoio às buscas. Caso não seja encontrado algum familiar, o corpo da mãe será encaminhado ao cemitério para ser enterrado como indigente, e a menina levada até um abrigo municipal para que possa ser adotada.

Bebê nasceu após acidente na Rodovia Régis Bittencourt, em Cajati (Foto: Divulgação/Arteris)

Do G1/Caruaru