CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Grupo envolvido em homicídios, tráfico e venda de armas é desarticulado pela polícia; veja vídeo

Uma organização criminosa investigada por crimes como homicídio, tráfico de drogas e comércio ilegal de armas de fogo no Grande Recife foi alvo de uma operação da Polícia Civil de Pernambuco na manhã desta terça-feira (24). Ao todo, foram cumpridos doze mandados de prisão e 14 de busca e apreensão domiciliar. Dos alvos, cinco já estão presos e outros sete são ex-detentos.

De acordo com o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Kehrle do Amaral, a investigação foi motivada pelo latrocínio que vitimou o estudante de Administração da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Heitor Cavalcanti, em junho de 2017, no bairro do Engenho do Meio, na Zona Oeste do Recife. Os integrantes do grupo começaram a ser investigados apenas em janeiro deste ano, sete meses após o assassinato.


As ações eram comandadas de dentro do presídio por um homem conhecido como Leo. "Eles são suspeitos de, pelo menos, dez homicídios. A área de atuação do grupo era majoritariamente o Recife, Jaboatão dos Guararapes e Camaragibe. Mas o tráfico de drogas e os homicídios eram mais intensos no bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife", informou chefe da Polícia Civil. 

A quadrilha atuava principalmente em assaltos feitos para a capitalização de recursos para a compra e revenda de drogas. Esta é a 29ª Operação de Repressão Qualificada do ano, nomeada como Engenho. Cem policiais participam da ação. Os presos e materiais apreendidos estão sendo encaminhados ao prédio sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.

Via FolhaPE