CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Avançam as obras de pavimentação da estrada que liga Carnaubeira da Penha a Floresta


Mais uma importante iniciativa viária avança na região do Itaparica. Antiga reivindicação do povo sertanejo, a pavimentação da PE-425, no trecho de 43,4 quilômetros, que liga Carnaubeira da Penha a Floresta, saiu do papel e, em breve, será mais um sonho realizado. No momento, já foram concluídos mais de 50% do total dos serviços.  Essa intervenção está recebendo do Governo de Pernambuco investimento de R$ 31,8 milhões e a previsão é concluir os trabalhos no primeiro semestre de 2019.

Quem circula por essa região sertaneja, já pode comprovar as novas formas da PE-425 na medida em que as obras avançam.  O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Transportes, segue realizando atualmente os trabalhos de terraplenagem, construção dos dispositivos de drenagem, imprimação e aplicação da camada de asfalto. Nesses trechos, o tráfego está seguindo pelos desvios ao lado, sem transtornos para os motoristas e usuários.

Dos 43,4 quilômetros contemplados nessa iniciativa, 17 km estão pavimentados, sendo 13 km saindo da cidade de Carnaubeira da Penha e os outros 4 km partindo de Floresta. Posteriormente, nesses segmentos serão implantadas as sinalizações horizontal e vertical posteriormente, mas o tráfego está liberado e flui normalmente. No trecho restante da via, onde os serviços estão sendo executados, será construída uma ponte, que substituirá uma passagem molhada nas proximidades da comunidade do Jaburú.

“A nova PE-425 é uma importante via que liga as regiões sertanejas do Itaparica a Central, encurtando a viagem para os estados vizinhos e demais regiões pernambucanas. Quando estiver concluída, vai melhorar a mobilidade das pessoas com conforto e segurança, facilitará o transporte da produção agrícola e serviços com menor custo de frete e incrementará o turismo local, além de outros benefícios, contribuindo imensamente no desenvolvimento socioeconômico da região” ressaltou o diretor-Presidente do DER, Silvano Carvalho.

Assessoria de Comunicação do DER-PE