CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

quarta-feira, 16 de junho de 2021

Homem é baleado por dupla em moto em Paulo Afonso – BA


Um homem, identificado apenas como Henrique ‘Peru’, foi baleado na tarde desta quarta-feira (16) na comunidade Pedra Cumprida, no bairro Vila Moxotó, em Paulo Afonso – BA.

Segundo informações, por volta das 15h a vítima foi surpreendida por dois homens em motocicleta que se aproximaram e efetuaram vários disparos de arma de fogo. ‘Peru’ tentou fugir, mas acabou sendo atingido na região das costas.

Ele foi socorrido por uma Unidade do SAMU e levado para o Hospital Nair Alves de Souza (HNAS). Não há detalhes sobre o estado de saúde da vítima.

Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e esteve no local do crime.

Mais informações a qualquer momento. 

Via ChicoSabeTudo

Petrolândia: Prefeitos da microrregião do Sertão de Itaparica se reúnem para tratarem demandas em função do combate a COVID-19


O Prefeito de Petrolândia, Fabiano Marques e o Vice-prefeito Rogério Novaes, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (16) com todos os Prefeitos da microrregião do Sertão de Itaparica, Gustavo Caribé (Belém do São Francisco), Bernardo Maniçoba (Itacuruba), Rorró Maniçoba (Floresta), Elizinho Soares (Carnaubeira da penha), Rogério Ferreira (Jatobá) e Washington Ângelo (Tacaratu).

O encontro aconteceu em Petrolândia. Na pauta foram tratadas as demandas da região em função do combate a COVID-19 e outros assuntos relacionados.

"Em Petrolândia me reuni com prefeitos da nossa região para discutirmos sobre ações de combate a pandemia. Infelizmente os números de casos de Covid-19 ainda estão muito grande e precisamos de alinhamento para que possamos combater o vírus e salvar vidas" destacou a prefeita de Floresta Rorró Maniçoba em suas redes sociais.

Por Redação | Informações: ASCOM da Prefeitura Municipal de Petrolândia/Foto e informações: ASCOM da Prefeita Rorró Maniçoba

Água era roubada da transposição para plantar maconha em Floresta, no Sertão de PE

Policiais militares da 1ª CIPM prenderam um homem, no último sábado, que admitiu estar roubando água da transposição do São Francisco para irrigar uma plantação de maconha na zona rural de Floresta, numa comunidade conhecida como Serrote da Vassoura. Os policiais foram até lá checar informações recebidas de populares e flagrou o suspeito no momento em que estava retirando a bomba do canal.

Ele reconheceu o crime e confessou que era responsável pelo cultivo com outras cinco pessoas, que não foram encontradas. Apenas foram localizados quatro roçados do entorpecente, em fase de crescimento e de colheita. Em um deles foi apreendida também uma grande quantidade de maconha já pronta para o consumo, pesando quase 16kg, além de 2,5 de sementes. Foram erradicados e incinerados no local 52 mil pés da droga.

Por ASCOM/PMPE

Disk Pizza D' Mamma de Petrolândia, a única pizza da região com 80% de recheio; peça já a sua!

 


Polícia é acionada após vereador Said Sousa discutir com médico plantonista e tentar entrar no interior do hospital de Petrolândia; direção do hospital se manifesta sobre o caso por meio de NOTA [Vídeo]

O Vereador de Petrolândia (PODE) teve acesso negado na tarde desta quarta-feira (16) no interior do hospital municipal da cidade. O episódio se deu após o vereador entrar no pronto socorro e tentar falar com o médico plantonista Dr. Afonso, onde o profissional de saúde discutiu com Said, e pediu para o legislador do município se retirar. 

A polícia militar foi acionada e uma viatura com policiais esteve no local afim de acalma os ânimos exalados.

A reportagem do Blog entrou em contato com o vereador Said Sousa, onde o mesmo alegou que teria ido ao hospital para fiscalizar e saber informações de uma gestante que estava com problemas de saúde. Ao chegar no local o vereador disse que foi surpreendido pelo médico que estava muito nervoso, e já se dirigiu ao vereador em tom de deboche.

Entramos também em contato com a direção do hospital que emitiu a seguinte NOTA:

Mais uma vez o Vereador Said Sousa, em abuso de autoridade, tentou invadir o Hospital Municipal Dr. Simões de Lima, coagindo todos os profissionais lotados no hospital, inclusive praticando crimes contra a saúde pública, sendo assim a Administração está tomando todas as medidas legais cabíveis, através de notícia crime, junto ao ministério público e autoridade policial.

Veja o vídeo:


Por Redação | Informações: Said Sousa e Direção do Hospital de Petrolândia/Vídeo: Julinho - WhatsApp 

Faustão recebe alta após ficar uma semana internado e posa com o filho


Foto: Reprodução / Instagram

Depois de ficar internado desde a semana passada tratando de uma infecção urinária, o apresentador Fausto Silva recebeu alta e apareceu em uma foto com o filho mais novo, Rodrigo, de 13 anos.

A esposa do apresentador, Luciana Cardoso, foi quem publicou a foto nas redes sociais. "Obrigada por todas as mensagens. Fausto já está ótimo e pronto para o próximo 'Domingão' na sua televisão", escreveu Luciana na legenda da imagem.

No último final de semana, Tiago Leifert precisou apresentar o Domingão de forma emergencial. Foi a primeira vez em 32 anos que Faustão não ancorou o programa.

Via Carlos Britto 

Whindersson Nunes faz tatuagem no rosto em homenagem ao filho


O humorista Whindersson Nunes fez tatuagens novas em homenagem ao seu filho, João Miguel, que morreu com um dia de vida depois de nascer de forma precoce.

Abaixo dos olhos, Whindersson tatuou a frase que diz ‘live like a warrior’. Traduzida do inglês, significa ‘viva como um guerreiro‘”. No lado direito, há uma pequena cruz e as letras ‘JM’, iniciais de seu filho.

Nas redes sociais, os fãs demonstraram preocupação com o momento que Whindersson atravessa. Desde que seu filho morreu, ele evitou atualizar suas redes.

Via Varela Net





Após solicitação de Eduardo da Fonte, Aneel prorroga proibição de cortes de luz de consumidores de baixa renda por inadimplência


A Agência Nacional de Energia Elétrica anunciou nesta terça-feira (15) a prorrogação por mais três meses da proibição do corte de energia elétrica de consumidores de baixa renda que estão inadimplentes. Com a decisão, o fornecimento de energia não poderá ser suspenso até setembro, mas os consumidores não estão isentos de pagar a dívida. A medida foi confirmada pelo diretor-geral da Aneel, André Pepitone, e atende a solicitação que o deputado federal Eduardo da Fonte enviou à Presidência da República (Ofício 74) e à agência (Ofício 73).

“É impensável um pai de família ter sua luz cortada durante a pandemia por falta de pagamento, sobretudo neste momento de dificuldade econômica que estamos passando. Devemos celebrar essa decisão que favorece brasileiros de todos os lugares do país e destaco que vou fiscalizar se a medida está sendo respeitada pela Celpe em Pernambuco”, afirmou Eduardo da Fonte.

De acordo com a Aneel, a medida vale para famílias que estão inscritas no Cadastro Único, com renda mensal menor ou igual a meio salário mínimo por pessoa. Também terão direito ao benefício famílias com portador de doença que precise de aparelho elétrico para o tratamento, com renda de até três salários mínimos, assim como famílias com integrante que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Via Edmar Lyra



Pernambuco é pior estado do Brasil para fazer negócios, diz Banco Mundial


Um raio X do ambiente de negócios no Brasil, divulgado nesta terça-feira (15) pelo Banco Mundial, mostra que é mais fácil abrir uma empresa no Pará, obter alvarás de construção em Roraima, registrar uma transferência imobiliária em São Paulo, pagar impostos no Espírito Santo e resolver uma disputa comercial em Sergipe. O ranking do relatório Doing Business Subnacional Brasil 2021 revelou que Pernambuco é o pior estado para fazer negócios no Brasil.

O relatório mostra que nenhuma localidade tem hoje todas as boas práticas para incentivar e facilitar a atividade empresarial. Há, na verdade, forte variação do ambiente de negócios entre os 26 Estados e o Distrito Federal. Mesmo os que se destacam em uma frente têm deficiências em outras.
 
É o caso de São Paulo, que obteve o melhor desempenho geral na facilidade de fazer negócios. Embora tenha ficado em 1.º lugar no registro de transferências imobiliárias, o Estado é o 14.º na abertura de empresas, 15.º na obtenção de alvarás de construção e 19.º no pagamento de impostos.
 
Já o Espírito Santo, que lidera na facilidade de pagar impostos, ficou em penúltimo lugar no ranking geral porque teve desempenho aquém dos demais Estados nos outros quesitos avaliados. Os capixabas são o 5.º em registro de propriedades, 9.º em abertura de empresas, 22.º em alvarás de construção e último colocado em execução de contratos.
 
O relatório do Banco Mundial também mostrou comparações entre os Estados para ilustrar as disparidades entre as regiões. Os custos para se abrir uma empresa, por exemplo, são quase dez vezes mais altos em Mato Grosso do que no Ceará, principalmente por causa dos custos dos alvarás municipais. Abrir um negócio leva 9,5 dias em Minas Gerais e 24,5 dias no Distrito Federal.
 
Além disso, empresas que precisam resolver uma disputa comercial descobrirão que o processo é mais barato e quase três vezes mais rápido em Sergipe do que no Espírito Santo. Em Roraima, por sua vez, leva-se um terço do tempo observado em Pernambuco para uma empresa obter os alvarás para a construção de um armazém.

Os Estados foram avaliados pelas suas capitais. Para o organismo multilateral, a disparidade dos resultados mostra que em todas as localidades há oportunidade de "troca de experiências" para aprimorar o ambiente. "Há exemplos de boas práticas em Estados de todas as regiões, níveis de renda e tamanhos", diz o Banco Mundial no relatório.
 
Ranking dos estados onde é mais fácil fazer negócios:

São Paulo (São Paulo)
Minas Gerais (Belo Horizonte)
Roraima (Boa Vista)
Paraná (Curitiba)
Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)
Tocantins (Palmas)
Mato Grosso do Sul (Campo Grande)
Sergipe (Aracaju)
Ceará (Fortaleza)
Piauí (Teresina)
Goiás (Goiânia)
Distrito Federal (Brasília)
Rondônia (Porto Velho)
Acre (Rio Branco)
Maranhão (São Luís)
Amazonas (Manaus)
Paraíba (João Pessoa)
Alagoas (Maceió)
Mato Grosso (Cuiabá)
Santa Catarina (Florianópolis)
Rio Grande do Norte (Natal)
Rio Grande do Sul (Porto Alegre)
Pará (Belém)
Bahia (Salvador)
Amapá (Macapá)
Espírito Santo (Vitória)
Pernambuco (Recife)
Abaixo da média
A especialista em desenvolvimento do setor privado do Banco Mundial, Laura Diniz, afirma que, mesmo os líderes em determinados critérios, ainda estariam abaixo da média de países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). "Mesmo que replicassem todas as boas práticas do Pará (para abertura de empresas), o Brasil ainda teria desempenho abaixo da OCDE", diz.
 
Segundo ela, a complexidade de negócios e a burocracia são desafios em todos os Estados. "No Brasil, na média, são necessários 11 procedimentos para abrir negócios." No diagnóstico do Banco Mundial, as principais causas para a complexidade burocrática incluem a falta de coordenação entre as agências envolvidas nos processos e uma implementação desigual e fragmentada dos programas de reforma.
 
O desempenho geral nas cinco áreas mostra que fazer negócios é mais fácil em São Paulo, Minas Gerais e Roraima. Isso significa que esses três Estados tendem a ter regulamentação de negócios mais eficiente, ou seja, as empresas conseguem operar com processos mais rápidos, simples e menos custosos do que a média nacional.
 
O relatório foi encomendado pelo governo brasileiro, por meio da Secretaria-Geral da Presidência, e financiado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).
 
Ambiente de negócios
O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, diz que o governo tem como objetivo criar condições para o Brasil se aproximar das 50 primeiras colocações entre os países com melhor ambiente de negócios do mundo. No ranking global, com 190 países, o Brasil ocupa hoje a 124.ª posição em termos de ambiente de negócios.
 
O presidente da Febraban, Isaac Sidney, afirma que o diagnóstico da situação dos Estados é o "primeiro passo" para avançar na agenda de reformas e aprimorar o ambiente de negócios. "O Brasil precisa desse tipo de inteligência e avaliação. Com as reformas tributária e administrativa e um ambiente de negócios saudável, com novas perspectivas para produzir, gerar renda e empregos, temos uma perspectiva mais favorável quanto ao nosso futuro", afirma Sidney.
Resposta do Governo de Pernambuco
Em, nota, o Governo de Pernambuco ressaltou o ambiente geral do Brasil para negócios. "O Brasil, de maneira geral, não tem um ambiente propício a realização de negócios, ocupando as últimas colocações no ranking mundial. Dos cinco índices considerados, apenas um (processo de abertura de empresas) diz respeito exclusivamente à ingerência do Estado e nesse índice, Pernambuco figura em 11o lugar do Brasil. Com a recuperação da capacidade de investimento, obtida pelo Estado em 2021, a melhoria do ambiente de negócios com ações integradas com os municípios, a iniciativa privada e o Judiciário será uma das prioridades da gestão, a partir do segundo semestre.", encerra a nota.

Via PE Notícias                             



Após repercussão negativa, Câmara de Cabrobó decide anular licitação para aluguel de veículos a vereadores


Foto: Cabrobó News/reprodução

A Câmara Municipal de Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, seguiu o exemplo da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e também decidiu anular o polêmico processo licitatório de locação de veículos para os vereadores. A decisão da presidência da Mesa Diretoria foi publicada no Diário Oficial do município na última segunda-feira (14).

Pelo contrato, o aluguel seria de seis meses. O pagamento mensal pela locação dos veículos sairia por R$ 26.650,00 – totalizando R$ 159.900,00 até o final. O problema é que a notícia repercutiu negativamente na cidade, que passa pela grave pandemia de Covid-19, enquanto a Câmara de Vereadores estaria fazendo um gasto considerado desnecessário.

Via Carlos Britto




Bolsonaro anuncia aumento e diz que Bolsa Família de R$ 300 está ‘praticamente acertado’

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, em entrevista à “SIC TV”, de Rondônia, que está “praticamente acertado” um reajuste que levaria o benefício médio do Bolsa Família, que é atualmente de R$ 190 por mês, para R$ 300. A medida seria adotada a partir de dezembro.

Na última quinta-feira, o presidente já havia adiantado que a equipe econômica estava estudando um aumento de pelo menos 50% no benefício. Nesta terça-feira, entretanto, Bolsonaro destacou que o martelo já está praticamente batido para a mudança no Bolsa-Família.

— Tivemos uma inflação durante a pandemia no tocante aos produtos da cesta básica em torno de 14%. Sei que teve item que subiu até 50%, sabemos disso. E o Bolsa Família, a ideia é dar um aumento de 50% para ele em dezembro. Para sair em média de 190 para, um pouco mais de 50%, seria 300 reais. É isso que tá praticamente acertado aqui, disse Bolsonaro.

No último domingo, o jornal O Globo revelou que o presidente Jair Bolsonaro aposta no incremento de benefícios sociais, receita que gerou ganhos de popularidade em governos anteriores, e planeja turbinar o Bolsa Família para que o programa passe de 14 milhões de famílias atendidas para 20 milhões até o fim do ano.

—  É um número bastante grande (de famílias), pesa para a União, mas nós sabemos da dificuldade da nossa população. A equipe econômica praticamente bateu o martelo,  afirmou Bolsonaro.

Via PE Notícias


Bolsonaro nega existência, mas diz não ver problema em gabinete paralelo para tomar providências contra Covid


O presidente Jair Bolsonaro negou nesta terça-feira (15) a existência de um “gabinete paralelo” que ditasse as regras de enfrentamento à pandemia de Covid-10 ao Ministério da Saúde, mas que, se existisse, não seria um problema.

As investigações da CPI da Covid no Senado estão direcionadas aos 14 integrantes do grupo de suposto assessoramento ao presidente para temas ligados à pandemia e com defesa de teses negacionistas.

Uma das reuniões com especialistas da área de saúde foi transmitida em vídeo pelas redes sociais de Bolsonaro. No encontro, o presidente recebeu a sugestão de criar uma espécie de “gabinete das sombras” para tratar da resposta oficial à pandemia da Covid-19. A proposta foi feita pelo virologista Paolo Zanotto.

“Foi feita uma live e ficou na minha página. Daí a CPI pega isso, diz que era um gabinete paralelo. E se fosse? Qual o problema? Eu tenho que ouvir pessoas para tomar providências. Não posso tomar providências sem ouvir pessoas. E era uma coisa inédita, ninguém sabia no mundo todo. E nós sempre defendemos o tratamento precoce depois de ouvir muitos profissionais de saúde como esses, que eram os Médicos Pela Vida”, afirmou Bolsonaro em uma entrevista via internet à RIC TV, afiliada da Record TV em Rondônia.

Ao longo do programa, Bolsonaro fez críticas ao presidente e ao relator da CPI, respectivamente os senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Renan Calheiros (MDB-AL), e disse que a comissão “não sabe o que fazer” e transformou-se na “CPI da cloroquina” e “agora virou a CPI do oxigênio lá em Manaus”.

Em depoimento à CPI também nesta terça, horas antes da entrevista de Bolsonaro, o ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo afirmou a ênfase no tratamento precoce em missão do Ministério da Saúde ao estado durante a crise provocada pela segunda onda da pandemia no início deste ano.

O ex-secretário evitou contrariar a fala do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello sobre a data em que o governo federal foi informado sobre problemas no fornecimento de oxigênio no Amazonas, mas reconheceu que ficaram sem respostas ofícios para o ministério para tratar do assunto.

O Ministério da Saúde enviou ao Amazonas nos primeiros dias de janeiro uma missão chefiada pela secretária de Gestão do Trabalho e da Educação da pasta, Mayra Pinheiro, que passou a ser chamada de “capitã cloroquina”, por sua defesa do medicamento.

Campêlo também confirmou parcialmente a versão dada por Pazuello sobre a data em que o governo federal foi informado sobre o colapso no fornecimento de oxigênio.

À CPI o ex-ministro afirmou que teve uma conversa com Campêlo na noite de 7 de janeiro, mas que na ocasião apenas lhe foi pedido auxílio logístico para o transporte de oxigênio.

“Quem trata disso aí na ponta da linha desta questão é o respectivo prefeito e governador e seu secretário. Não é o governo federal”, disse Bolsonaro na entrevista no fim da noite de terça-feira.

“Fomos avisados informalmente e tomamos providências rapidamente para colaborar com o estado do Amazonas. Até porque lá foi uma coisa que aconteceu de uma hora para a outra. A curva de infectados subiu assustadoramente, ninguém podia esperar aquilo. E fizermos o que tinha que fazer. O ministro Eduardo Pazuello, naquele momento, em colaboração com o governador do estado do Amazonas”, afirmou o presidente.

Via PE Notícias 

Pernambuco se prepara para retomar o turismo


O espírito de retomada toma conta do setor de turismo. A Secretaria de Turismo e Lazer e a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) anunciaram ontem o plano de retomada para o programa de interiorização do turismo estadual. Foram apresentados o projeto Pernambulando e o novo design no site Bora Pernambucar, com informações atualizadas de 50 destinos. A retomada, conforme a secretaria, depende dos números da vacinação e queda do contágio pela Covid-19, o que pode ocorrer no segundo semestre de 2021.

Focado na interiorização, o Bora Pernambucar ganhou uma repaginada no site (borapernambucar.com.br). A nova identidade visual dá mais visibilidade ao Passaporte Pernambuco, documento sem validade oficial, criado para registrar de forma criativa os passeios feitos no estado. Além disso, a página traz roteiros e dicas de viagem. O  usuário pode acessar roteiros integrados, com programação de um a oito dias, por várias cidades. É possível fazer o download da programação da viagem.

Na live, o secretário de Turismo, Rodrigo Novaes ressaltou a nova etapa do Bora Pernambucar, que despertou o interesse dos pernambucanos por viajar pelo estado. “Durante todo este tempo de pandemia, seguimos trabalhando para uma retomada gradual e segura neste segundo semestre”, compartilhou.

O Pernambulando vai funcionar como um ponto móvel de divulgação das atrações turísticas dos municípios, em formato de carroça. Ele fornecerá os Passaportes Pernambuco e carimbos das cidades e folheteria. Inicialmente, 23 municípios de todas as regiões do estado serão contemplados com o equipamento. Na lista, Arcoverde, Bonito, Caruaru, Garanhuns, Gravatá, Goiana, Igarassu, Palmares, Pesqueira, Petrolândia, Serra Talhada, Sirinhaém, Tamandaré e Triunfo.

Via PE Notícias

Pesquisadores apontam falhas no cadastramento de dados sobre vacinação contra Covid em municípios de Pernambuco


A falta de um padrão na divulgação e de atualização dos dados sobre a vacinação contra a Covid-19, segundo pesquisadores, atrapalha o monitoramento da imunização em todo o país. Em Pernambuco não é diferente. Preocupados com as informações e números que não batem, pesquisadores de várias universidades do país formaram um consórcio e criaram o portal ModCovid19.

Eles querem saber qual caminho às vacinas estão seguindo. A dificuldade é chegar aos números exatos de quem recebeu apenas uma dose, as duas ou quantas pessoas estão em atraso com a imunização.

Para isso, fazem um levantamento que usa inteligência artificial e a matemática para oferecer soluções aos municípios que precisam monitorar o problema com a distribuição das vacinas.

Em Pernambuco, os dados apontam que 35% das pessoas que tomaram a primeira dose da vacina da Astrazeneca/Fiocruz no estado ainda não finalizaram o esquema vacinal.

O índice , de acordo com o coordenador do Laboratório de Estatística e Ciência de Dados da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Krerley Oliveira, chama atenção por ser acima da média nacional.

“É preocupante. Quando você olha para o interior de Pernambuco, a situação é mais preocupante ainda. Em relação à capital, o interior tem um índice de atraso muito maior”, observou.

De acordo com Krerley Oliveira, no interior é eventualmente maior a dificuldade para oferecer esse serviço à população. “Por ela estar mais espalhada em áreas mais remotas e com menos informação para buscar a vacina”, disse.

Os projetos que empregam inteligência artificial e a matemática são desenvolvidos desde março do ano passado para oferecer soluções aos municípios que precisam monitorar o problema com a distribuição das vacinas.

“A primeira coisa que nós fazemos é baixar os dados do Ministério da Saúde que estão abertos. Hoje, são mais de 70 milhões de registros. A gente processa esse montante de informações usando equipamentos especiais e consegue oferecer várias informações importantes para cada um dos municípios brasileiros”, destacou o pesquisador.

A duplicação de registros é apontada como o principal problema identificado no monitoramento da campanha de vacinação contra a Covid-19.

“Nós temos cerca de 1 milhão e 300 mil registros que se repetem. Isso é um problema que precisa ser solucionado pelo ministério junto às secretarias dos estados. Nós percebemos também um número expressivo de pessoas que tomaram a segunda dose e que não tinham a primeira dose registrada. Quase 1 milhão de aplicações”, afirmou Krerley Oliveira.

Via PE Notícias 

Lula pede R$ 131 mil de indenização a Regina Duarte por danos morais


O ex-presidente Lula e seus filhos recorreram ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal contra decisão de 1ª instância que livrou a atriz Regina Duarte de pagar indenização por danos morais por compartilhar acusações não fundamentadas contra a ex-primeira-dama Marisa Letícia.

Em 26 de abril, o juiz Manuel Eduardo Pedroso Barros, da 12ª Vara Cível de Brasília, condenou a atriz e ex-secretária especial da Cultura por compartilhar notícia falsa e determinou como sentença que ela se retratasse publicamente com a família de Lula. Regina Duarte publicou em seu perfil no Instagram uma charge que dizia “acharam R$ 250 milhões numa conta da falecida do Lula”.

Na decisão, ele destacou que ela foi “induzida a erro” pelo fato de o valor errado ter sido informado pela Justiça em uma ação, não cabendo indenização.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, o escritório Teixeira Zanin Martins Advogados, que representa a família de Lula, pede que a atriz seja condenada a pagar R$ 131 mil para reparar danos morais. No pedido, Lula disse que doará todo o valor ao projeto social do padre Julio Lancellotti, de São Paulo.

Em 8 de maio, Regina Duarte cumpriu a medida determinada pela Justiça em publicação no Instagram.

Via PE Notícias