CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

PM apreende explosivos, armas e R$ 380 mil após explosões a agências bancárias no Agreste de PE

PM apreendeu armas e dinheiro com grupo que explodiu agências bancárias em São Bento do Una, no Agreste de PE (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

No Recife, a Polícia Militar divulgou, nesta quarta (1°), um balanço da operação realizada em São Bento do Una, no Agreste do estado, após confronto com uma quadrilha que explodiu duas agências bancárias no município na madrugada de terça (31). Durante o confronto, que deixou um bandido ferido e dois mortos, foram apreendidos explosivos, armas e a quantia de R$ 381.350,50. (Veja vídeo acima)

A PM apreendeu 36,250 quilos de emulsão explosiva, 32 espoletas, 30 metros de cordel detonante, 17 cartuchos de calibre 7.62 milímetros, uma espingarda de calibre 12, sete cartuchos de calibre 12 e uma marreta. "Além disso, foi apreendido um fuzil de calibre 7.62 milímetros, que é uma arma utilizada em guerras, com alto poder de perfuração", explicou o tenente-coronel Cézar Moraes.

Segundo a Polícia Militar, José Marcelo Barbosa, de 40 anos, um dos envolvidos que ficou ferido, já responde pelos crimes de tráfico, assalto e associação criminosa.

O potiguar Aguinaldo Wiana da Silva, de 43 anos, morto após ser atingido por um disparo, tem registrado na ficha criminal envolvimento com roubo, receptação, participação de associação criminosa, porte ilegal de arma e uso de documento falso.

O paraibano Vannily Eduardo Rodrigues de Oliveira, de 26 anos, também foi morto no confronto e ainda tem a situação criminal investigada pela PM.

Material apreendido pela PM em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

A ação
A polícia entrou em confronto duas vezes com o grupo durante a madrugada e a manhã de terça (31). O primeiro ocorreu por volta das das 2h20, quando uma equipe do Batalhão Especializado em Policiamento do Interior (Bepi) realizava rondas na região.

Houve troca de tiros e um dos bandidos foi atingido e morreu no local. Nesse momento, um dos envolvidos, que estava ferido, conseguiu fugir do local e fez uma família de refém. Após negociação, ele se entregou à polícia e foi hospitalizado. O estado de saúde dele não foi divulgado pela PM.

O segundo confronto ocorreu por volta das 7h, quando, após denúncias, a polícia foi a uma área de mata por onde teriam fugido integrantes da quadrilha. Houve uma nova troca de tiros, que resultou na morte do segundo envolvido na ação criminosa. Segundo a PM, outros dois homens estavam no local e conseguiram fugir.

Do G1/Caruaru