CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

domingo, 5 de agosto de 2018

Hoje é a vez da convenção de Paulo Câmara


Hoje é a vez do governador Paulo Câmara (PSB) realizar a sua convenção, a partir das 10h, no Clube Internacional do Recife. O encontro vai formalizar também as candidaturas ao Senado de Jarbas Vasconcelos (MDB) e Humberto Costa (PT); no que representará o retorno do PT à Frente Popular após seis anos de rompimento. Presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos é cotada para ser a vice.

Com 12 partidos – inclusive a presença de PT e MDB, cuja indefinição seguiu até a última semana, mas sem a certeza de contar com o PDT –, Paulo tentará a reeleição com uma coligação que lhe garantirá 4 minutos e 30 segundos no guia eleitoral. O tempo é equivalente à soma do que os seus adversários terão e deve ser aproveitado pelo PSB para tentar reverter a rejeição de parte do eleitorado ao governador.

O ato de hoje deve ser marcado por simbolismos. Como já tem feito na pré-campanha, Paulo tentará associar sua imagem à do padrinho político Eduardo Campos, ex-governador que faleceu em 2014 em plena campanha presidencial.

O socialista também pretende se apresentar como o candidato do ex-presidente Lula (PT), que apesar de preso tem forte apelo entre o eleitorado pernambucano, principalmente no interior.

Em contrapartida, Paulo se esforçará para colar no adversário Armando Monteiro a imagem de ser o palanque do presidente Michel Temer (MDB), para explorar a elevada rejeição do emedebista no Nordeste.

Na campanha, o governador deve adotar o discurso de que não conseguiu realizar tudo o que prometeu há quatro anos por causa da crise econômica, repetindo a estratégia que ajudou na reeleição do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), há dois anos.

Via PE Notícias