CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Paulo e Gleisi reafirmam desejo de se aliarem

O governador Paulo Câmara (PSB) e a senadora Gleisi Hoffmann (PT) após encontro no Palácio do Campo das Princesas/Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Percebendo a perda de terreno para o PDT nas últimas semanas, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, se reuniu, nesta quinta-feira (12), com o governador Paulo Câmara, vice-presidente nacional do PSB, no Palácio do Campo das Princesas. Após o encontro, eles fizeram gestos em prol da aliança que seria benéfica para o PT nacional e para o PSB estadual. 

Gleisi destacou que Câmara fez importantes gestos em prol da aliança com o PT e da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ao ser questionada sobre a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT), a dirigente petista ressaltou a importância da correligionária, mas disse que ela estava ciente de que a estratégia do partido é a aliança com o PSB. “Vim reafirmar a disposição do PT de termos uma aliança nacional com o PSB”, declarou a petista.

Apesar de já ter se manifestado diversas vezes a favor do apoio ao ex-presidente Lula dentro do PSB e publicamente, Câmara reforçou que continuará defendendo essa postura. “Isso é o que estamos defendendo internamente dentro do partido, vamos continuar defender e fazer todos os esforços para que essa aliança se concretize”, declarou ele, rechaçando que estivesse isolado dentro do PSB. “A ala pernambucana no PSB é a maior do Brasil e só por isso já saímos na frente”. Câmara afirmou que outros estados do Nordeste, Norte e Centro-Oeste também tinham interesse, porém, ao ser questionado, não especificou quais. 

O vice-presidente nacional do PSB esteve reunido na quarta-feira (11), com o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, em Brasília, e solicitou que as reuniões da Executiva e Diretório agendadas para 18 e 19 de julho, respectivamente, fosse adiadas para que ele pudesse ganhar mais tempo nas articulações. As reuniões devem ocorrer na primeira semana de agosto, já a convenção do PSB está marcada no dia 5 de agosto, último dia do prazo legal. O PT mantêm a pré-candidatura de Marília Arraes ao governo estadual.

Via FolhaPE/Política