CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

domingo, 8 de julho de 2018

Militantes fazem vigília em Curitiba e em São Bernardo do Campo

O clima é de expectativa neste domingo (8) nos arredores da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está preso desde o início de abril.

Ainda não está claro se a Polícia Federal cumprirá a última ordem do juiz federal Rogério Favreto, no plantão do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que determinou a soltura do petista.

É grande a aglomeração na vigília Lula Livre, em frente à Polícia Federal, em Curitiba, onde militantes aguardam com ansiedade a possível soltura do ex-presidente. Na rua de trás da sede da PF, cerca de 40 manifestantes anti-Lula protestam contra o habeas corpus concedido ao petista e gritam quando pessoas de vermelho passam pelo local. Enrolados em camisas do Brasil, os ativistas expulsaram, com palavras de ordem, um homem de vermelho que carregava um menino no colo.

Durante todo este domingo, militantes do PT também se concentraram nas redondezas do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, à espera da soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Mais cedo, o presidente do partido no estado de São Paulo e pré-candidato a governador, Luiz Marinho, convocou apoiadores a irem ao local para esperar o ex-presidente.

Os perfis oficiais de Lula no Twitter e no Facebook divulgaram imagens, por volta das 16h, mostrando um grupo grande de pessoas ocupando parte de uma rua.

Por: Ana Luiza Albuquerque/Via FolhaPE