CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Mãe das três crianças que estavam catando lixo em terreno baldio de Petrolândia é localizada; família precisa de ajuda [Vídeo]


A reportagem do blog Petrolândia Notícias, foi em busca da família dos três meninos que apareceram em imagens enviadas por um leitor anônimo do blog catando lixo em um terreno baldio em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco (reveja a reportagem).

Após a reportagem postada no blog que teve grande repercussão na cidade e região, várias pessoas entraram em contato com a redação do blog, afim de saberem de informações sobre essas crianças e que situação realmente elas vivem. 

Conseguimos uma pista no último sábado (2), através de uma vizinha da avó de duas crianças que apareceram na reportagem, e fomos no dia seguinte em busca da mesma, onde ela nos recebeu em sua residência feita de madeira no bairro Novo Horizonte em Petrolândia. Ineide de Oliveira, conhecida por Dona Jura, nos relatou que é avó paterna de duas crianças de sua ex-nora Adriana Gonçalves, e que as crianças moram de frente ao terreno baldio, e que não estavam em busca de alimentos para se alimentarem e sim de garrafas pets para venderem, acompanhados de um tio e sua mãe que estava os observando em frente da casa. Dona Jura nos relatou que as crianças e sua ex-nora Adriana, passam por situações difíceis já que a mesma sustenta sozinha as três crianças e mais um filho mais velho que não apareceu nas imagens, e que depende de doações dela e também de outras pessoas próximas para ajuda-lós, mas a principal necessidade é a construção de um barraco de madeira num terreno cedido por ela para Adriana morar com as crianças já que a mesma paga aluguel.


Dona Jura e sua ex-nora Adriana em frente ao seu barraco de madeira no bairro Novo Horizonte em Petrolândia/Foto: Alex Santos



Em conversa com nossa reportagem Adriana de 29 anos, mãe das crianças nos confirmou que realmente as crianças não estavam em busca de alimentos e sim de garrafas pets para vende-las em companhia de seu irmão, e que já mais deixaria seus filhos a mercê de tal situação, afirmando que estava de olho nas crianças no momento que alguém tirou as fotos. Durante a gravação de nossa reportagem Adriana fez um apelo para que alguém possa fazer doações de materiais de construção para que ela possa construir seu barraco ao lado da sua ex-sogra, e se livra do aluguel, e também pediu doações de alimentos, já que se encontra desempregada em situação extremamente difícil.



Um grupo de parceiros que se sensibilizaram com a reportagem levantaram doações de alimentos e levaram para Adriana e as crianças em um grande gesto de amor e solidariedade ao próximo. São eles: Fernando, Binho Souza, Célio Gomes, Matheus Silva e Francisco Everaldo. 

Para saber como ajudar essa família entre em contato conosco através do contato (87)9.9998-3377-WhatsApp


Veja abaixo o vídeo da reportagem:



Ainda sobrou alimentos para ajudar uma família do Bairro Nova Esperança/Foto: Alex Santos

Por Redação/Fotos e Vídeo: Alex Santos e Ana Paula