CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Leitora denuncia falha durante Concurso Público da Prefeitura de Tacaratu e pede anulação das provas


A redação do blog Petrolândia Notícias, recebeu uma denuncia de uma leitora identificada por Marylia Leite, denunciando uma suposta falha direcionada a  banca (ADM&TEC) responsável pelo Concurso Público da Prefeitura Municipal de Tacaratu, realizado no último domingo (17). Veja abaixo:

"Boa tarde Alex, gostaria de denunciar aqui um fato que aconteceu durante o Concurso Público da Prefeitura de Tacaratu. Durante a chuva que caiu antes do horário das provas estava eu, aguardando na rótula em frente a Igreja Matriz da cidade, quando chegou uma jovem com iniciais J. D, a qual prestou concurso para a vaga de recepcionista, a mesma contou o seguinte acontecimento: Que vinha de uma cidade vizinha de moto, e que a mesma quebrou no meio do percurso, em cima da hora ela pediu carona a um senhor que passava por ali e o mesmo informou que sabia onde era a escola que a mesma iria prestar a prova, que no comprovante de inscrição seria na Escola Estadual Sérgio Magalhães na referida cidade. Ao parar na frente da escola já estavam a fechar o portão, faltavam apenas 2 segundos informou ela, após adentrar os portões ela percebeu que estava na escola errada, foi ai que os aplicadores da prova disseram a mesma que iam dar um jeito, que ela não perderia a prova, QUE IRIAM BUSCAR A PROVA DELA NA OUTRA ESCOLA, e assim fizeram! Ai questiono a banca: O candidato é responsável pela sua chegada ao seu seu local de prova? O candidato que não chegar ao seu local de prova no horário será eliminado? As provas vem tão lacradas? Então como saiu uma prova de um prédio para outro? Diante do exposto, divido com vocês o que a mim mesmo foi dito pela mesma, bem como, exijo a anulação desse concurso, pois se uma prova sai de um prédio para outro ele pode ser gabaritado no caminho, sinto-me lesada, pois, não existe justificada para ser aceito como natural o fato acima mencionada. Demorei a denunciar pois estava investigando os dados corretos da candidata."

Reportagem Relacionada>Candidatos reclamam das provas realizadas no concurso público da Prefeitura de Tacaratu, no Sertão

Por Redação/Informações são da leitora Marylia Leite/Foto: Ilustrativa