CLIMAGEM

CLIMAGEM

JAQUES

JAQUES

BANNER MORIÁH

BANNER MORIÁH

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

segunda-feira, 14 de maio de 2018

PT repudia decisão de coronel de cancelar aluguel para evento de Marília

Marília Arraes/Foto: Felipe Ribeiro/Folha de Pernambuco

A decisão do coordenador do Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar, coronel Josué Limeira, de cancelar o aluguel do espaço à vereadora Marília Arraes (PT), que realizaria no local um ato de mobilização pela sua pré-candidatura, no próximo dia 20, gerou reação do PT de Pernambuco. Com uma nota intitulada "Tudo é pretexto para a intolerância", a legenda manifesta indignação e repúdio a manifestação do coronel. 

Na nota, o PT lembra que o coordenador do clube argumenta que o local não tinha sido informado que o evento também seria um ato de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, desde o dia 7 de abril. 

Em nota onde expõe suas razões, Josué Limeira reprovou o fato de o evento também ser um “ato de apoio a Lula”, argumentando que isso prejudicaria a imagem da instituição. Surpresa, Marília classificou a postura do coronel como “antidemocrática”.

Para o partido, seria "inimaginável um ato de petistas que não tivesse também como mote a defesa da libertação do preso político, Lula, fica evidente que a 'repercussão' de que menciona a nota tem mais a ver com um pensamento intolerante e obscuro daqueles que não admitem que o povo brasileiro e o povo pernambucano sabem e denunciam a injustiça e arbitrariedade pelas quais passa o maior líder popular da história do Brasil".

Ainda de acordo com o PT, "interferir nas opiniões democráticas, proferir preconceito e censurar um ato político e democrático é que não é 'compatível com um Clube militar'".

Confira, abaixo, a íntegra da nota:


 Por FolhaPE