CLIMAGEM

CLIMAGEM

JAQUES

JAQUES

BANNER MORIÁH

BANNER MORIÁH

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sábado, 12 de maio de 2018

Náutico desencanta, goleia Salgueiro e deixa lanterna


Os primeiros três pontos do Náutico no Campeonato Brasileiro foram conquistados de forma maiúscula. Com a goleada aplicada sobre o Salgueiro por 3x0, neste sábado (12), na Arena de Pernambuco, pela quinta rodada da Série C, os alvirrubros encerraram o jejum de vitórias na competição, após três derrotas e um empate, conseguiram deixar o campo com uma atuação segura sob o comando do técnico interino Dudu Capixaba depois da demissão de Roberto Fernandes. Com o triunfo, o Timbu empurrou o Carcará para a lanterna (10º colocado) do Grupo A, subiu para a 9ª posição, com quatro pontos, mas segue na zona de rebaixamento. O próximo compromisso será contra o Juazeirense/BA, no estádio Adauto Moraes, no sábado (19), às 16h, pela sexta rodada.

Desesperados na tabela de classificação e na busca pela primeira vitória na competição, Náutico e Salgueiro fizeram um primeiro tempo eletrizante, mas os alvirrubros foram avassaladores e massacraram o adversário nos 45 minutos iniciais. A primeira boa chegada dos donos de casa, aos sete minutos, foi com o atacante Wallace Pernambuco, que aproveitou o cruzamento na medida do lateral-esquerdo Tiago Costa, cabeceou a bola dentro da pequena área e parou no goleiro Mondrangon, responsável por uma grande defesa no lance. Logo depois, os visitantes responderam e tiveram duas boas oportunidades em sequência. O volante Dadá cruzou a bola e o atacante Willian Lira finalizou na trave. Em seguida, o lateral-direito Maurício recebeu um lançamento primoroso e, dentro da área, cabeceou com consciência, obrigando o goleiro Bruno a salvar a pele do Timbu.Após a rápida pressão do Salgueiro, o Náutico abriu a porteira. Aos 12 minutos, o atacante Robinho acertou um chute de fora da área no canto esquerdo e não deu chances para o camisa 1 Mondragon. Quatro minutos depois, o autor do primeiro gol levou a melhor na velocidade, foi derrubado dentro da área pelo goleiro e o árbitro não pensou duas vezes para marcar o pênalti. O atacante Ortigoza pegou a bola e cobrou com perfeição no ângulo: 2x0. Com a vantagem construída em menos de 20 minutos da etapa inicial, os alvirrubros controlam a partida e não sofreram ameaça do Carcará, que não conseguiu esboçar reação e ainda tomou o terceiro antes de descer para o intervalo.
Aos 41 minutos, Robinho chutou cruzado e o paraguaio Ortigoza só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes, anotando o seu segundo tento no confronto.
Com um grande prejuízo, a equipe do Sertão tinha uma missão quase que impossível para tentar pelo menos empatar o jogo. Mas no segundo tempo o ritmo da partida caiu drasticamente e as chances de gol foram raras. A única preocupação do Náutico foi administrar o resultado construído na etapa inicial. Sem força ofensiva, o Salgueiro sequer diminuiu no placar e a larga vantagem dos alvirrubros seguiu até o apito final: 3x0 e aplausos da torcida mandante.

Ficha técnica

Náutico 3
Bruno; Luiz Henrique, Camutanga, Negretti e Tiago Costa; Jhonnatan, Jobson (Régis Potiguar), Dudu e Robinho (Rafael Assis); Wallace Pernambucano e Ortigoza (Júnior Timbó). Técnico interino: Dudu Capixaba
Salgueiro 0
Mondragon; Maurício, Luís Eduardo e Emerson; Iury, Marcos Vinícius (Alexon), Bruno Menezes (Peu), Dadá Belmonte e Izaldo; Willian Anicete (André Victor) e Willian Lira. Técnico: Sérgio China
Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Horário: 19h. Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO). Assistentes: Hugo Savio Xavier Correa e Tiago Gomes da Silva (ambos de GO).
Gols: Robinho (aos 12min do 1T) e Ortigoza (aos 17 e aos 41 do primeiro tempo)
Cartões amarelos: Jhonatan (Náutico) ;Izaldo e Peu (Salgueiro).

Via FolhaPE