CLIMAGEM

CLIMAGEM

JAQUES

JAQUES

BANNER MORIÁH

BANNER MORIÁH

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

domingo, 22 de abril de 2018

Quadrilha que explodia bancos é suspeita também da morte do Capitão Oliveira, diz polícia

Ainda é cedo para confirmar, mas a polícia já trabalha com a hipótese do grupo criminoso que explodia bancos e carros-fortes ser o responsável também pela morte do Capitão Oliveira da Polícia Especializada em Área de Caantiga do Estado de Sergipe.

A informação foi confirmada pelos delegados que desencadearam a operação interestadual e resultou na prisão de 13 pessoas e na morte de seis que reagiram a ação policial.

“O grupo agia em diversos estados e não só praticavam roubos, como também tráfico de drogas e outros crimes, as armas serão periciadas, pois o poder de fogo é semelhante ao que utilizaram na emboscada que resultou na morte do capitão sergipano.” Disseram os delegados.

Risomar da Conceição, 38 anos, era chefe da quadrilha e morreu em confronto com policiais do Batalhão Especial de Policiamento do Interior (BEPI) antiga CIOSAC do Estado de Pernambuco, o confronto ocorreu no município de Ibimirim.

Ele seria o principal suspeito de envolvimento na morte do capitão da Polícia Militar de Sergipe.

O capitão Manoel Oliveira foi executado a tiros na noite do dia 4 de abril dentro de um veículo em uma estrada do município de Porto da Folha (SE), Alto Sertão do estado.

Segundo a SSP, homens armados, em dois veículos Corolla, abordaram o oficial da PM e efetuaram vários disparos, próximo ao local onde fica a sede da unidade da Policia Militar.

Apesar dos fortes indícios, a Secretaria do Estado de Sergipe não confirmou as informações e disse que as investigações seguem em sigilo absoluto.

Via Radae89