CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Em jogo na chapa de Paulo Câmara a disputa pela vice


Começa a circular no meio político a possibilidade de o deputado federal Fernando Monteiro (PP) ser alçado para a vaga de vice na chapa de Paulo Câmara (PSB), que concorre à reeleição em outubro deste ano. Operadores políticos do Palácio das Princesas  não alimentam essa ideia, mas também não descartam: “Se serviços prestados pesar na balança, ele é o primeiro da fila”. Desde meados de 2017, o deputado trabalha, com sucesso, como interlocutor dos interesses do Governo Paulo junto ao Governo Temer.

O destaque, no entanto, é que Fernando Monteiro, aliado de Temer, destravou pleitos importantes para o governador “sem criar arestas políticas com a bancada socialista que continua batendo forte no presidente”. Bem, o deputado está saindo do PP e tem duas opções, o PMDB de Jarbas Vasconcelos e o PSD de André de Paula. Porém, como a temperatura da disputa pelo comando do PMDB entre Jarbas e o senador Fernando Bezerra Coelho não permite que ninguém se aproxime do partido, é provável que o deputado escolha o PSD.

Fernando Monteiro é suplente de deputado, o que significa poucos votos, e chegou à condição de interlocutor do governo depois que o vice Raul Henry, presidente estadual do PMDB, perdeu espaço no Planalto, após Jarbas ter antecipado o voto a favor da investigação da primeira  denúncia da Procuradoria-Geral da República contra Temer por corrupção passiva. Vamos ver.

Questionado sobre quem será o vice da chapa de Paulo Câmara, um socialista falante não teve dúvidas: “Renata Campos”. Mas, apesar da certeza, pediu para não ser identificado, por enquanto.
O ano de 2018 chegou e até agora a única certeza que se tem no cenário pernambucano é a candidatura à reeleição de Paulo. Agora, na avaliação de integrantes do governo, “com esse imbróglio do PMDB, o futuro de Jarbas Vasconcelos, suporte político do governo, e do vice Raul Henry, dependerá da vitória do governador”.

Via PE Notícias