CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Petrolândia: EREM de Jatobá inova ao oferecer à comunidade petrolandense o Festival Literário Escola Viva


A Escola de referência em ensino médio Jatobá, no ano de seu sexagésimo aniversário, inovou ao oferecer à toda comunidade petrolandense o 1° FLEV.

O FLEV, Festival Literário Escola Viva, em seu primeiro ano optou por homenagear dois grandes nomes da nossa cultura: Ruy Sá, poeta, cantor, que soube como ninguém retratar as saudades de quem conheceu e viveu na antiga cidade. A canção RECORDAÇÕES descreve com brilhantismo e ternura cada cenário da Petrolândia levada pelas águas do prometido PROGRESSO. O FLEV homenageou ainda o cordelista do povo Zé Luiz. Com centenas de cordéis lançados nosso autor se mostra cada vez mais hábil nas artes de filtrar o observado e ouvido para transformar em rimas. Zé Luiz aceitou ainda o desafio do FLEV em compor um cordel a homenagear Ruy Sá. O resultado e lançamento oficial da mais nova produção do cordelista aconteceu no Trupé Cultural. O projeto iniciou no último dia 30 com a oitava edição do projeto INTEGRANDO A SÉTIMA ARTE.

Na noite do dia 30, no pátio da escola, foram exibidos curtas metragens produzidos por estudantes e cineastas da região. Foram produzidos e exibidos:

O auto da Camisinha. Comédia (do cineasta de Paulo Afonso Ricardo Menezes); 
Desabafo. Drama (Petrolândia, produzido de forma independente pelo multiartista André Luiz com edição de Jorge).
Tamar. Drama (Petrolândia - produzido pelo Grupo Exodus);
Os Opostos se Atraem. Drama (Petrolândia – produzido pelo 3º ano da Erem Maria Cavalcanti Nunes);
Marcas de um Silêncio. Drama (Petrolândia – produzido pelo 1° ano B da Erem de Jatobá);
Os Antagônicos. Comédia (Petrolândia – produzido pelo 3° ano da Erem Maria Cavalcanti Nunes);
Até o céu. Drama (Petrolândia, produzido pelos estudantes do 3° ano da Erem Maria Cavalcanti Nunes).
Todos os produtores puderam expor suas motivações e desafios em lançar seus projetos antes de cada exibição.

Dia 2, foram abertas para exposição e apresentação à comunidade diversas salas temáticas relacionadas ao universo literário: As turmas de 1° ano ficaram com os temas: literatura infantil, Histórias em Quadrinhos e Mangás, literatura do gênero terror e literatura fantástica; As turmas de 2° ano apresentaram características, contextualização histórica, obras e autores das escolas literárias ROMANTISMO e REALISMO; As turmas de 3° ano apresentaram as temáticas: MULHERES NA LITERATURA, LITERATURA NEGRA e a sala HOMENAGENS com exposição de acervo e obras de Ruy Sá e Zé Luiz.

Simultaneamente às visitações aconteceram diversas atividades culturais: música, teatro, cinema. O júri simulado julgou a clássica personagem CAPITU. Afinal, traiu ou não seu marido Bentinho? Inspirada na clássica obra de Machado de Assis, "Dom Casmurro". Tivemos ainda a roda de conversa: "Mulheres na literatura... Na vida!" Com a presença da autora imortal Paula Francinete. Aconteceu ainda concurso de desenho. Originalidade, criatividade, traço e cores foram analisados pelo júri.

A nós, fica o desejo de que o primeiro FLEV seja o primeiro de muitos, e que ele sirva de incentivo para outras escolas, pois como dizia o escritor e romancista Máximo Gorky: “a tarefa da literatura é ajudar o homem a compreender-se a ele mesmo”.








Fonte: Blog Gota d' Água