CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

FBC se mostra otimista com julgamento do STF


O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) divulgou uma nota, na tarde desta terça-feira (05.12), a respeito da decisão sobre a denúncia contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF). A Corte adiou a decisão sobre se o parlamentar deve virar réu na Lava Jato. No texto, o peemedebista mostrou-se otimista.

De acordo com a nota, a defesa de Fernando Bezerra Coelho, representada pelo advogado André Luiz Callegari, "observa que apesar do voto do relator pelo recebimento da denúncia, os votos dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli foram no sentido de rejeitá-la por absoluta falta de provas em relação ao senador".

O caso começou a ser julgado nesta terça, mas, devido a um empate de dois a dois, os magistrados decidiram esperar o retorno de Ricardo Lewandowski, que está de licença médica e não participou da sessão.

Além disso, a nota afirma que o senador segue confiante nos votos que abriram a divergência e que demonstram, "claramente, a ausência de sua participação nesses fatos". O advogado também afirmou que nestes 35 anos de vida pública do senador não existe qualquer condenação em desfavor do parlamentar.

Confira a íntegra da nota:

"A defesa de Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE), representada pelo advogado André Luiz Callegari, observa que apesar do voto do relator pelo recebimento da denúncia, os votos dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli foram no sentido de rejeitá-la por absoluta falta de provas em relação ao senador. Nas palavras do ministro Dias Toffoli: a 'denúncia não para em pé' contra o parlamentar . Como houve o empate, a Turma decidiu aguardar o retorno do ministro Lewandowski, com voto divergente do ministro Gilmar, pois o empate deve favorecer a defesa. O senador segue confiante nos votos que abriram a divergência e que demonstram, claramente, a ausência de sua participação nesses fatos. André Callegari reforça que nestes 35 anos de vida pública de Fernando Bezerra Coelho – que sempre trabalhou única e exclusivamente para o desenvolvimento do país e do estado de Pernambuco – não existe qualquer condenação em desfavor do parlamentar."

Via FolhaPE