CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Duas mulheres são presas com maconha em ônibus da empresa Progresso contratado pela prefeitura de Cabrobó

Pacientes que seguiam em um ônibus para atendimento médico no Recife foram surpreendidos com a prisão de duas passageiras suspeitas de tráfico de drogas. A detenção aconteceu na noite dessa quinta-feira (23.11) em Gravatá. Com as mulheres, foram encontrados cinco quilos de maconha.

Segundo o PRF Negromonte, o ônibus foi parado por volta das 21:00 durante uma operação de fiscalização no quilômetro 71 da BR-232. Ao revistar as bagagens dos passageiros, os policiais encontraram uma mochila vermelha que continha embrulhos com cerca de 5kg de um produto semelhante à maconha. Ao entrevistar os passageiros que estavam no ônibus, os policiais chegaram até as duas suspeitas que confessaram estar transportando a droga até o Recife.

Maria Zélia da Silva, de 55 anos, e Irenilda Maria de Menezes, de 39 anos, foram presas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que contou com o apoio da Polícia Federal (PF) e da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). Em depoimento, elas disseram que a droga seria do filho de Maria Zélia, Leandro José da Silva, que teria pagado R$ 400,00 para que as mulheres fizessem o transporte do entorpecente até a capital pernambucana.

De acordo com o registro da ocorrência da PRF, o ônibus da empresa Progresso havia sido contratado pela prefeitura de Cabrobó para levar pacientes até o Recife. Entre os cerca de 40 passageiros, havia também moradores das cidades de Belém do São Francisco e de Floresta.

As duas mulheres presas foram levadas para a Delegacia da Polícia Federal de Caruaru, também no Agreste de Pernambuco. 

Via: JC Online