CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Vice-governador Raul Henry envia carta aberta aos militantes do PMDB de Pernambuco


Recentemente, nós, que fazemos o PMDB de Pernambuco, fomos informados da intenção do senador Fernando Bezerra Coelho ingressar no nosso partido. Não colocamos qualquer objeção e, muito pelo contrário, abrimos as portas para a sua chegada.

Para a nossa surpresa, 48 horas antes do ato de sua filiação, o senador, através de um preposto, pediu a dissolução do nosso diretório estadual. Apesar de a petição ser completamente inepta e ilegal, o presidente nacional em exercício deu seguimento ao processo. Na ocasião, registrei nosso protesto na reunião da executiva nacional (13/09). Mesmo diante de várias manifestações de solidariedade à nossa causa, o presidente indicou um relator para o caso, o líder da bancada na Câmara Federal.

Embora o relator tenha verbalizado o desejo de resolver o assunto através do diálogo, ao voltar de Brasília, recebi uma notificação formal (25/09) para apresentar, em cinco dias, a nossa defesa. Diante de tamanha violência, externei, na reunião seguinte da executiva nacional (27/09), minha indignação pelas sucessivas atitudes de deslealdade e quebra de confiança.

Após consultar companheiros em Brasília e em Pernambuco, resolvemos judicializar o processo, pois não há, na história do PMDB, qualquer precedente semelhante a esse.  Hoje, temos duas decisões favoráveis da Justiça: uma em Pernambuco e outra em Brasília.

Nossa indignação é a mesma que qualquer um dos companheiros sentiria se estivesse no nosso lugar. E vale a pena alertar: o que está acontecendo conosco hoje, poderá acontecer amanhã com qualquer diretório estadual legitimamente constituído.

Não há um único motivo para pedir a dissolução do PMDB de Pernambuco. Senão, vejamos:

1-      O PMDB de Pernambuco tem história

O PMDB de Pernambuco nasceu em 1966, quando foi fundado o MDB. Naquela ata, inclusive, constava o nome de Jarbas Vasconcelos, que até hoje é a nossa maior referência. Nesses 51 anos de trajetória, mantivemos uma linha política de combatividade, coerência, respeito aos valores republicanos e aos princípios democráticos. Temos uma história limpa e dela nos orgulhamos.

2-      O PMDB de Pernambuco cresceu nas últimas eleições

Depois de vários ciclos políticos ao longo desses 51 anos, voltamos a crescer, na eleição municipal de 2016. A secção regional de Pernambuco foi a que teve o melhor desempenho proporcional no Brasil. Um crescimento de 128%.

3-      O PMDB de Pernambuco é um partido democrático

Em Pernambuco, o nosso partido tem diretório eleito, do qual participam todos os deputados federais, estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e as mais expressivas lideranças partidárias do Estado.

4-      O PMDB de Pernambuco é um partido aberto

Nunca fechamos as portas para qualquer liderança que quisesse se incorporar ao nosso partido e defender sua linha política.

5-      O PMDB de Pernambuco tem coerência programática

Nossa bancada federal votou a favor de todas as reformas econômicas propostas pelo presidente Michel Temer.

Por todas essas razões, não há qualquer motivo para dissolver o nosso partido.

Relato esses fatos aos companheiros em respeito à nossa história comum e para pedir apoio à nossa causa. Porque ela é justa. E também porque a democracia interna sempre foi cultivada no PMDB. Ela é a principal marca da nossa identidade e da nossa história. E a razão maior do nosso vigor e da nossa força.

Raul Henry – Vice-governador de Pernambuco e presidente estadual do PMDB-PE