CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Senador republicano diz que Trump pode levar EUA a uma '3ª Guerra Mundial'

Com suas ameaças contra alguns países, o presidente Donald Trump pode levar os Estados Unidos "a uma terceira Guerra Mundial", afirmou o influente senador republicano Bob Corker, segundo o jornal "New York Times".

"Estou preocupado" e "isso deveria preocupar todos aqueles que amam nosso país", acrescentou o ex-partidário de Donald Trump em uma entrevista publicada no domingo pelo jornal, que não divulgou a frase completa de Corker.

Antes desse violento ataque, o respeitado senador de 65 anos lamentou ser "uma pena que a Casa Branca tenha se tornado uma creche para adultos", depois de ter sido atingido pela salva de tuites matinais de Trump.

Corker, um respeitado senador moderado que chegou a apoiar Trump, tornou-se nos últimos meses o crítico republicano mais franco ao presidente. Recentemente, afirmou que apenas a presença de generais no círculo mais próximo de Trump impedia que a Casa Branca mergulhasse no caos.

Trump não fez nenhuma referência a esses comentários em seus tuites de domingo, mas atacou Corker por sua recente decisão de não tentar a reeleição ao Senado e observou que, como presidente do Comitê de Relações Exteriores, o senador do Tennessee tinha uma grande responsabilidade pelo que Trump considera um péssimo acordo nuclear com o Irã.

Do G1/Mundo