CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

domingo, 29 de outubro de 2017

Com dois pênaltis perdidos, Sport perde para o Coritiba


Desastroso. Assim pode ser definida a derrota do Sport neste domingo (29.10) para o Coritiba por 4×3, na Ilha do Retiro. Com dois pênaltis perdidos, o Leão caiu diante de um concorrente direto na luta contra o rebaixamento. Apesar do revés, os rubro-negros permanecem na 15ª colocação, com 35 pontos, mas com a mesma pontuação dos 17º colocado, a Ponte Preta.

E se era gol que o torcedor queria ver, foi gol que ele viu. No total, quatro somente no primeiro tempo. No seu retorno como interino, o treinador Daniel Paulista armou o Sport de forma tradicional, com dois volantes, três meia, sendo dois abertos e um central, e um homem de referência. Mas o começo não foi fácil. Sonolento, o Leão parecia desmotivado para o jogo. E com apenas cinco minutos, o Coritiba abriu o placar. Em escanteio cobrado, Magrão e Henriquez falharam e Werley subiu para abrir o placar de cabeça. O gol acabou acordando os mandantes, que passaram a criar e só não empataram logo porque Diego Souza perdeu um pênalti aos 23 minutos. Porém, o craque leonino se redimiu aos 29, quando aproveitou escanteio de Samuel Xavier para cabecear e empatar a partida.

Tudo se encaminhava para uma virada leonina, mas aos 39, outra falha e novo gol curitibano. Após rebote de Magrão, Ronaldo Alves tentou afastar, mas chutou no pé de Henrique Almeida e a volta entrou. O abatimento não atingiu os rubro-negros, que dois minutos depois conseguiram chegar ao empate com um golaço. Em bola cruzada por Rogério, André pegou de primeira e acertou um lindo chute: 2×2.

Na volta para o segundo tempo, o Coritiba recuou e o Sport era senhor do jogo. Assim, conseguiu virar a partida aos 16 minutos. Em bela jogada de Osvaldo, Diego Souza aproveitou o cruzamento para fazer 3×2 e incendiar a Ilha. Aos 28 minutos, a chance de praticamente matar o duelo. Em novo pênalti, Diego Souza parou novamente em Wilson, perdendo inclusive o rebote. O castigo veio quatro minutos depois. Em nova falha de Magrão, Jonas pegou o rebote e deixou tudo igual. Mas o pior estava por vir. Aos 45, Yan penetrou na zaga leonina e bateu rasteiro para fazer 4×3 e fechar a conta na frustrada Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA

Sport 3
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henríquez e Mena; Rithely, Patrick, Rogério (Anselmo), Diego Souza e Osvaldo (Lenis); André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Coritiba 4
Wilson; Léo, Cleber Reis, Werley e Thiago Carleto; Jonas, Alan Santos (Yan Sasse) e Tiago Real; Iago Dias (Getterson); Henrique Almeida (Keirrison) e Rildo. Técnico: Marcelo Oliveira.

Local: Ilha do Retiro (Recife). Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Assistentes: Jose Eduardo Calza e Mauricio Coelho Silva Penna (ambos do RS). Gols: Werley (aos 5 do 1ºT) e Henrique Almeida (aos 39 do 1ºT). Diego Souza (aos 29 do 1ºT e aos 16 do 2ºT) e André (aos 41 do 1ºT). Jonas (aos 32 do 2ºT) e Yan Sasse (aos 45 do 2ºT). Cartões amarelos: Samuel Xavier, Henriquez e Ronaldo Alves (Sport). Léo, Werley, Yan, Iago e Henrique Almeida. Público: 9.981. Renda: R$ 133.166,00.

Via Folha PE