CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Brasil para no goleiro e não sai do zero contra a Bolívia


Em dia inspirado do goleiro Carlos Lampe, o Brasil não conseguiu furar o bloqueio da Bolívia em La Paz e empatou sem gols, nesta quinta-feira, no penúltimo jogo das Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. 

Com a Bolívia já eliminada e o Brasil garantido na Rússia, a partida serviu para Tite fazer testes. O atrativo estava na tentativa vencer nos 3600 metros de La Paz e quebrar tabu que dura desde 1993, frustrado pelo camisa 1 boliviano.

O Brasil continua isolado na liderança da competição, com 38 pontos, mas perdeu a chance de fazer a melhor campanha da história das eliminatórias. Em 2002, a Argentina se classificou com 43 pontos. A Bolívia é a vice-lanterna com 14 unidades.

Tentando se precaver dos efeitos da altitude, a seleção só chegou à cidade poucas horas antes do jogo. A estratégia aparentemente funcionou, já que os jogadores aguentaram o ritmo do jogo e não cometeram muitos erros pelo adversário natural.

No entanto, o Brasil continuou sem vencer na cidade boliviana. A última vez que voltou de La Paz com vitória nas eliminatórias foi em 1981, quando venceu por 2 a 1.

O Brasil encerra as eliminatórias na próxima terça-feira, dia 10 de outubro, recebendo o Chile na Arena Palmeiras. Já a Bolívia viaja para encarar o Uruguai no estádio Centenário.


FICHA DO JOGO:

0 BOLÍVIA
Lampe; Raldes, Valverde, Gutiérrez, Bejarano e Morales; Justiniano, Acre (Saucedo) e Christian Machado (Raúl Castro); Marcelo Moreno e Fierro (Álvarez). T.: Mauricio Soria

0 BRASIL
Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva (Marquinhos), Miranda e Alex Sandro; Casemiro, Paulinho (Fernandinho) e Renato Augusto, Philippe Coutinho (Willian) e Neymar; Gabriel Jesus. T.: Tite

Estádio: Hernando Siles, em La Paz (BOL)
Juiz: Fernando Rapallini (ARG)
Cartão amarelo: Valverde (BOL)

Fonte: FolhaPE/Esportes