CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Três escritores de Petrolândia, são empossados membros da Academia de Letras do Sertão de PE


Aconteceu no último sábado (02.09), no auditório da Faculdade Integração do Sertão (FIS) em Serra Talhada, a posse dos membros da Academia de Letras do Sertão Pernambucano. Foram empossados os primeiros 27 membros da Academia de Letras do Sertão Pernambucano (Alespe).

Na lista dos empossados destacamos com muito orgulho três personalidades literárias de Petrolândia, que são: Jadilson de Souza Ferraz, que tem como patrono o escritor Luiz Wilson de Sá Ferraz, Paula Francinete Rubens de Menezes, que tem como Patrono o escritor também de Petrolândia - Hildebrando de Menezes e por fim a escritora Maria Liduína da Silva, que tem o privilegio ter substituir o seu patrono o grande escritor pernambucano Ariano Suassuna. Parabéns para os três representantes da literatura petrolandense! 

Segundo o professor, escritor e presidente da Alespe, Alberto Rodrigues, a entidade veio para unir os diversos gêneros literários da região em torno de um mesmo ideal. “Nosso objetivo inicial é que a Academia se fortaleça com a participação das várias microrregiões do Sertão. Vamos reunir os representantes dos Sertões do Moxotó, do Pajeú, Central, do Araripe, de Itaparica e do São Francisco”, explicou.

Uma das características importante da Alespe é a diversidade de gêneros literários, o que mostra a capacidade produtiva e criativa do escritor sertanejo. “A Alespe surgiu com uma ferramenta que servirá para ajudar na projeção da nossa literatura, dos nossos escritores, da nossa cultura e da nossa história, bem como disseminar as obras dos nossos escritores pelo Brasil, e quem sabe até pelo mundo”, ponderou Rodrigues, entusiasmado.

Ele disse ainda que entidade irá buscar estar em sintonia com a sociedade, e principalmente com os jovens, seguimento de onde certamente brotarão os novos escritores regionais.

História

A Alespe foi criada oficialmente em 18 de setembro 2010, pelos escritores serra-talhadenses Dierson Tomaz Ribeiro, Francisco de Assis Duarte, Itamar Inácio de Souza Freire e Jaime Gonçalves de Lima. A Academia será formada por 40 membros, sendo os 13 últimos acadêmicos serão escolhidos conforme os critérios embelecidos no estatuto que será aprovada na solenidade de posse.

📷Fotos: 











Acompanhe a lista completa:


Redação do Blog Petrolândia Notícias com informações dos Sites: Mais Pajeú e Carlos Britto
Fotos: Divulgação e Paula Francinete