CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Suposto envenenamento contra professora em Pernambuco é investigado


A Polícia Civil de Nazaré da Mata, na Zona da Mata pernambucana, está investigando um suposto envenenamento contra uma professora do ensino fundamental nesta quinta-feira (31.08). O principal suspeito é um aluno de apenas 10 anos, que por ser menor de 12 anos não poder ser apreendido. Segundo as primeiras informações repassadas às autoridades, o menino teria colocado uma substância na garrafa de água da professora, supostamente chumbinho.

A mulher precisou ser encaminhada ao Hospital Regional Ermírio Coutinho, também em Nazaré da Mata. A vítima, que não será identificada, deu entrada na unidade por volta do meio-dia, passou por procedimentos médicos e foi liberada às 17h40 desta quarta. O hospital não especificou o quadro apresentado pela professora quando ela deu entrada para atendimento ou quais procedimentos médicos foram feitos na paciente.

Investigação

Embora a vítima ainda não tenha registrado a ocorrência, a polícia tomou conhecimento do caso no final da tarde e se dirigiu à escola para recolher a garrafa de água e submeter o material à análise. O delegado Rommel Ricardo, titular da Delegacia de Nazaré da Mata, também ouviu testemunhas sobre o suposto envenenamento. A polícia ainda deve ouvir o menino apontado como responsável pelo suposto envenenamento e, caso confirmado, os pais dele devem ser notificados. Ainda não há informações sobre as motivações do crime.

Posicionamento oficial

"A Polícia Civil de Pernambuco informa que já abriu inquérito para investigar um suposto envenenamento de uma professora em Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte do Estado. Segundo testemunhas, a educadora passou mal após beber água durante uma aula. Agentes estiveram no local, colherem materiais e depoimentos. O delegado Rommel Ricardo, titular da Delegacia de Nazaré da Mata, está com a apuração do caso".