CLIMAGEM

CLIMAGEM

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

LOJA FRANCK ELETRO

LOJA FRANCK ELETRO

DRA. ANA CLÁUDIA XAVIER - FISIOTERAPEUTA

DRA. ANA CLÁUDIA XAVIER - FISIOTERAPEUTA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

FRIGORÍFICO J & R CARNES & CIA

Italínea

Italínea
BREVE EM PETROLÂNDIA

PANIFICADORA DOCE PÃES

PANIFICADORA DOCE PÃES

CHURRASCARIA COME-SE BEM

CHURRASCARIA COME-SE BEM

SENHORINHA GÁS

SENHORINHA GÁS
O GÁS MAIS BARATO DA CIDADE

LOJA D' BRUM

LOJA D' BRUM

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES

CLÍNICA ODONTOLÓGICA ANTÔNIA LOPES
CIRURGIÃO DENTISTA DR. FÁBIO LOPES

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

CLÍNICA E LABORATÓRIO 'JAQUES'

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

POSTO DR COMBUSTÍVEIS

LANCHONETE PATRIOTA

LANCHONETE PATRIOTA

NEGUINHA SALGADOS

NEGUINHA SALGADOS

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

Dra. MARIA RAPHAELA COUTO

DR. ÉRICO HEBERT

DR. ÉRICO HEBERT

DR. JEFFERSON TÉCIO

DR. JEFFERSON TÉCIO

FRIGORÍFICO JB

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

FBC: PMDB deve disputar Governo de Pernambuco

O senador Fernando Bezerra Coelho, que ingressou no PMDB esta semana, afirmou, nesta quinta-feira (8), que o partido deve disputar o Governo de Pernambuco em 2018. O peemedebista também aproveitou a entrevista concedida a uma rádio local para alfinetar o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), ao afirmar que "não teve ninguém que desejasse mais participar do projeto político" do que ele. 

Questionado se Fernando Filho poderia ser uma alternativa, o senador afirmou que "essa alternativa existe". "Esse processo que nós desejamos implementar no PMDB de Pernambuco com o apoio da direção nacional é preparar o partido para as disputas majoritárias. Seja ao cargo de governador, seja ao cargo de senador, porque entendemos que nesta construção e neste diálogo que queremos ter é possível, sim, construir a candidatura ao Senado do deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB). Mas vamos também defender no conjunto desta frente política que está em formação, em construção, o nome de um membro do PMDB para a disputa do Governo de Pernambuco", disse. 

Segundo Bezerra Coelho, esse trabalho está sendo feito não só em Pernambuco, mas em outros Estados onde o PMDB vai preparar o partido com o maior número possível de candidaturas a governador, maior número possível de candidaturas ao Senado Federal, "para que o partido possa ter condições de não em 2018, já em 2022 apresentar um quadro para a disputa presidencial".

O mais novo peemedebista também demonstrou insatisfação com o governador Paulo Câmara. "Não teve ninguém que desejasse mais participar do projeto político de Paulo Câmara do que eu. Isso não se deu no início do governo, não se deu na metade do governo, todos sabem os desencontros que tivemos em relação aos posicionamentos a nível nacional, quando da participação e formação do ministério do presidente Temer, nos processos da escolha do líder do PSB na Câmara Federal, portanto, essa situação que levou a essa ruptura, a esse afastamento, foi uma série de atitudes, foi uma série de ações tomadas pelo governador, pelo PSB e também ações e atitudes tomadas por nós", disse.

Fonte: FolhaPE